Rede Feminina inaugura nova sede; prefeito destaca serviço da instituição

Rede Feminina inaugura nova sede; prefeito destaca serviço da instituição

Marcelo Fernandes 3 de outubro de 2019

A nova sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá (RFCCC) inaugurada nesta quinta-feira, 03 de outubro.

O imóvel fica localizado na rua 15 de Novembro, 1007, entre as ruas Colombo e Cabral, área central da cidade. O prefeito Marcelo Iunes participou da inauguração.

“É o nosso primeiro encontro na nova sede, na nossa casa”, disse Sabina Acosta da Costa, presidente da Rede Feminina aos pacientes e cuidadores que acompanharam a inauguração realizada nesta manhã. “Agradeço ao prefeito Marcelo Iunes pela ajuda e pelo apoio que tem dado à Rede”, completou a presidente da RFCCC.

Sabina ressaltou a importância do imóvel para a instituição. “Não é fácil fazer o nosso trabalho e chegar ao final do mês ter de pagar o aluguel. Agora, vamos trabalhar com a certeza que vamos poder ajudar ainda mais nossos pacientes”, disse.

Líder do governo na Câmara Municipal, o vereador Tadeu Vieira, declarou que a inauguração da nova sede configura “um momento muito importante” na história de atuação da Rede Feminina. “É um grande trabalho que vocês fazem aqui”, completou.

“A Rede Feminina de Combate ao Câncer ajuda muito o Município com o serviço que é prestado voluntariamente. Estamos à disposição para ajudar sempre”, afirmou o prefeito. Iunes reforçou que a “saúde é uma preocupação constante da Prefeitura e trabalhamos um projeto para trazer o serviço de radioterapia para Corumbá, com parceria do Governo do Estado e da União”, disse o chefe do Executivo corumbaense.

Também participara da inauguração, a primeira-dama e secretária Especial de Cidadania e Direitos Humanos, Amanda Balancieri Iunes; o presidente da Câmara Municipal, Roberto Façanha; o vereador Manoel Rodrigues e Regina Panovitch representando o deputado estadual Evander Vendramini.

Termo de Permissão de Uso

O imóvel – onde funciona a nova sede da Rede Feminina – foi cedido pelo Município por meio de um Termo de Permissão de Uso de Bem Público. O Termo estabelece que o espaço deve ser utilizado para instalação da sede da Rede Feminina e desenvolvimento pleno de suas atividades, que visa o apoio a pacientes oncológicos e seus familiares.

De acordo com o decreto nº 2163 – de 04 de julho de 2019 – a permissão de uso é pelo prazo de 15 anos, possibilitada sua renovação.  A permissão é feita em caráter gratuito e precário, vedada outra destinação para o seu uso, que não a especificada.

A Rede Feminina

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá auxilia pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com entrega de cestas básicas, fraldas e até com suplemento nutricional, fundamental para quem está passando pelo processo de quimioterapia. Esses pacientes são cadastrados e passam a receber ajuda tanto de alimentos quanto financeira.

A a Rede conta com o voluntariado de uma advogada e de assistentes sociais que agilizam esses pedidos. Além disso, fisioterapeutas, psicóloga, nutricionistas e terapeuta reiki também atuam como voluntárias. No total, são mais de 20 mulheres ajudando nas atividades cotidianas da entidade.

Relacionados