Projeto da Escadinha da XV precisará ser reformulado pela Prefeitura

Projeto da Escadinha da XV precisará ser reformulado pela Prefeitura

Rodrigo Nascimento 8 de janeiro de 2020

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, está em fase final de reformulação do projeto para restauração da Escadinha da XV, principal acesso de pedestres da avenida general Rondon ao Porto Geral de Corumbá e importante patrimônio histórico da cidade.

A obra, orçada em R$ 128.954,26 (cento e vinte e oito mil reais, novecentos e cinquenta e quatro reais e vinte e seis centavos), havia sido iniciada em 2019, mas precisou ser suspensa em setembro do mesmo ano quando uma parte da parede rochosa se soltou do restante da encosta, ainda durante a etapa de perfuração.

Por causa desse problema estrutural, todo o projeto precisou ser reformulado, uma vez que a perfuração das paredes laterais era fundamental para a implementação da contenção da encosta, plantio de árvores, implantação de telas, muralhas de arrimo e estabilização da talude.

O novo projeto precisará ser mais complexo que o previsto inicialmente. Do valor total, o Município pagou apenas os serviços executados pela empresa vencedora do certame, que totalizaram R$ 53.969,29 (cinquenta e três mil, novecentos e sessenta e nove reais e vinte e nove centavos).

A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos vai encaminhar um laudo ao Ministério Público Federal (MPF) detalhando todo o ocorrido durante a obra e as medidas necessárias para liberar a escadaria ao trânsito da população. A Escadinha da XV está fechada desde janeiro de 2017, quando parte da parede desabou durante uma forte chuva.

Escadinha da XV

Construída em 1923, a Escadinha da XV tem 126 degraus e está situada no cruzamento da Avenida General Rondon com a rua XV de Novembro, sendo um dos acessos da parte alta da cidade ao Porto Geral.

É um local privilegiado para contemplar uma vista inesquecível do Rio Paraguai e do Pantanal. Sítio de valor arquitetônico e cultural, tombado pelo IPHAN, onde se destaca a exposição de calcretes da Formação Xaraiés.

 

Relacionados