Primeira noite do “Ninhal da Dança” valoriza a cultura nos 241 anos da cidade

Primeira noite do “Ninhal da Dança” valoriza a cultura nos 241 anos da cidade

Duany Quidá 20 de setembro de 2019

O primeiro dia de apresentações no “Ninhal da Dança” na noite desta quinta-feira, 19 de setembro, encantou os corumbaenses. Realizado pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, o espetáculo conta com a participação total de 16 companhias e academias de dança, incluindo representantes de Campo Grande e São Paulo.

Na abertura do evento, todos os artistas presentes foram homenageados e enaltecidos pelo trabalho que fazem diariamente pela cultura na cidade. O diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico, Joílson da Silva Cruz, agradeceu pela presença de todos e ressaltou a importância do evento para a cidade. “Corumbá é um celeiro de artistas, esse palco é de vocês, é o momento que o trabalho do dia a dia ganha o mundo. Que possa ser uma noite magica!”

O grupo URBE, de Corumbá, foi responsável por iniciar o show da noite, com a coreografia “Boca Seca”. Em uma sequência de balé contemporâneo, o grupo impressionou a plateia e deixou o palco recebendo muitos aplausos. A CIA Juvenil de Dança do Moinho Cultural deu um tom mais clássico ao espetáculo e recebeu o carinho da plateia após sua apresentação.

Seguindo o cronograma de apresentações, os convidados da Capital do Estado também deixaram sua marca no palco, o grupo Armazém 67 encantou o público corumbaense.

Mesclando entre o balé clássico e a dança urbana, o “Ninhal da Dança” abriu espaço para que os artistas da cidade e convidados mostrassem a sua arte para o mundo. O espetáculo segue na noite dessa sexta-feira (20), no palco localizado na Praça Generoso Ponce, a partir das 19h30.

Relacionados