Com o Brasil em surto, Corumbá apresenta baixa procura na vacina contra o Sarampo

Com o Brasil em surto, Corumbá apresenta baixa procura na vacina contra o Sarampo

Natalia Leal Capille Serra 22 de outubro de 2019

O Ministério da Saúde confirmou somente este ano cerca de 8 mil casos de sarampo, sendo que 13 evoluíram para óbitos, os casos se concentram principalmente do estado de São Paulo, que faz divisa com o estado de MS. Sete óbitos (53,8%) ocorreram em menores de cinco anos de idade.

Em Corumbá, cerca de 75% do público alvo foi vacinado. Ainda não há casos confirmados, mas já houve casos suspeitos que foram descartados por exames laboratoriais.

A chefe do núcleo de imunização de Corumbá, Luciana Ambrósio, conta “as crianças são o grupo mais suscetível às complicações, que podem evoluir para óbito. No sábado, dia D vacinamos uma criança de quatro anos que estava com vacinas atrasadas desde 1 ano e meio. Sem perceber os pais ou responsáveis estão colocando a vida destas crianças em risco”.

O Secretário de Saúde, Rogério Leite, destaca “estamos em um município de fronteira, temos que redobrar a nossa atenção. A desinformação é um dos principais motivos da baixa cobertura vacinal e, consequentemente, do retorno de doenças eliminadas, como esta é uma doença que há anos já era considerada eliminada, temos uma geração de pessoas que não conhecem sua gravidade. A vacinação é a melhor forma de prevenção que existe”.

“Fazemos um apelo, aos pais, responsáveis, madrinhas, tias, amigos, enfim toda a rede de atenção da criança para que se conscientizem e abracem a causa, só assim vamos protegê-las, a luta deve ser da sociedade”, complementou o Secretário.

A mobilização nacional para crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias) segue até o dia 25 de outubro. A segunda etapa destinada a adultos na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, ocorre de 18 a 30 de novembro. Com o Dia D, em 30 de novembro.

Confira abaixo as salas de vacinação e os horários de funcionamento:

ESF Gastão de Oliveira I

Horário: 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5321

R: Nossa Senhora da Conceição, s/n, Maria Leite

 

ESF Lúcia Maria II

Horário: 7h30 às 10h30, das 13h30 às 16h30 e das 17h30 às 20h30

Tel.: 3907-5377

R: Ciríaco Toledo, s/n, Bairro Kadwéus

 

ESF Pedro Paulo II

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5940

Rua: Batista das Neves, 119, Centro

 

ESF Walter Victório

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.:3231-0903

Rua: Alameda Santa catarina, s/n, Cravo Vermelho

 

ESF Dr Ranulfo Jesus de Vasconcelos – Aeroporto II

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5967

R: Santos Dumont, 47, Aeroporto

 

ESF Nova Corumbá

Horário: das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907 – 5381

Rua Ciríaco de Toledo, s/n, Nova Corumbá

 

ESF Beira Rio

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907- 5278

R: Delamare, 384, Centro

 

ESF Padre Ernesto Sassida

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5004

Rua. José Fragelli s/nº Esq. Rua Dom Aquino, Dom Bosco

 

ESF Humberto Pereira

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5008

Rua Luiz Feitosa Rodrigues s/n, Esq. Com a Duque de Caxias, Nossa Senhora de Fátima

 

ESF Angelica Anache

Horário: das 7h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30

Tel.: 3907-5309

Alameda Dona Antônia, s/n, Vitória Régia

 

ESF Breno de Medeiros I

Horário: das 7h30 às 10h30, das 13h30 às 16h30 e das 17h30 às 20h30

Tel.: 3907 -5375/ 3233-5200

Rua. Ciríaco de Toledo s/n, Popular Nova

Relacionados