Com autorização da Câmara, Prefeitura vai investir R$ 1,1 milhão na Santa Casa de Corumbá

Rodrigo Nascimento 19 de fevereiro de 2020
Com autorização da Câmara, Prefeitura vai investir R$ 1,1 milhão na Santa Casa de Corumbá

A Prefeitura Municipal está autorizada pelo Poder Legislativo corumbaense a conceder auxílio financeiro no valor de R$ 1,1 milhão, para o Hospital de Corumbá. A aprovação do pedido feito pelo Poder Executivo, por meio de Projeto de Lei, ocorreu na sessão de ontem, e foi por unanimidade pelos 12 vereadores presentes.

Na mensagem encaminhada à Câmara de Vereadores, o prefeito Marcelo Iunes explicou que a disponibilização do recurso extra é em caráter excepcional, e será destinado à manutenção dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde, é que a Associação Beneficente Corumbaense deverá prestar contas em até 90 dias após o repasse.

O prefeito lembrou a existência do termo de contratualização para repasses financeiros mensais, firmado entre o Município de Corumbá, Município de Ladário e Governo do Mato Grosso do Sul, mas “o montante se mostrou insuficiente, havendo necessidade de aporte para reoxigenar a saúde financeira do Hospital que corre risco de interromper várias atividades, o que resultaria em prejuízos para a população”, acentuou.

Além disso, lembrou que não houve aumento dos recursos repassados pelos governos Estadual e Federal, e que “ao lado do déficit mensal existente, a Associação Beneficente Corumbaense não consegue arcar com todas as despesas mensais”.

Outro fator é a atual situação vivenciada pelo hospital com a epidemia de dengue, “o que justifica uma maior demanda de recursos, objetivando a prestação de serviços de saúde para a população com suspeita de estar infectada com o vírus, e o tratamento das pessoas diagnosticadas com a doença”.

A sessão foi dirigida pelo presidente do Legislativo, vereador Roberto Façanha, e contou com as presenças de Tadeu Vieira, Manoel Rodrigues, Gaúcho da Pró-Art, Yussef Salla, André da Farmácia, Chicão Vianna, Haroldo Cavassa, Domingos Albaneze Neto, Bira, João Mário e Paulo Bertini. O projeto agora segue para sansão do prefeito Marcelo Iunes.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Câmara de Corumbá

Relacionados