Nota de esclarecimento – Óbitos

A Secretaria Municipal de Saúde reforça que desde o início da pandemia, e dos primeiros registros de casos positivos em Corumbá, publica diariamente no site da Prefeitura o boletim epidemiológico com os dados atualizados do Covid-19 em nosso município, sempre pautados na ética e transparência com o cidadão.

Referente a matéria veiculada em site local, onde o mesmo informa que o município estava omitindo a morte de seis pacientes ocorridos entre domingo (9) e segunda-feira (10), a Secretaria de Saúde reforça que no Boletim Epidemiológico do Município estão contabilizados 5 óbitos neste período. Como pode-se verificar no link http://sisms.corumba.ms.gov.br/boletim/.

É impensável deduzir que o município de Corumbá omitiu informações, visto que publica diariamente os registros de dados relativos à Covid-19, dados que podem ser corroborados pela Secretaria Estadual de Saúde, mesmo que a atualização das informações dos entes não ocorra de maneira simultânea.

O boletim é feito a partir de dados consolidados do número de pessoas testadas, confirmadas, internadas e dos óbitos registrados. Cabe salientar que as informações são recebidas pela Vigilância Epidemiológica do Município de diversas instituições locais, como: Santa Casa de Corumbá, Hospital da Cassems, Hospital da Marinha em Ladário, Laboratório Central do Estado-Lacen, e laboratórios particulares da cidade que também realizam os testes.

Pensando na precisão dos dados, são divulgados somente os óbitos de casos CONFIRMADOS, não de casos suspeitos. E em conformidade com as normas do Ministério da Saúde os registros são contabilizados para o município de residência, ou seja, os pacientes de Ladário, ou mesmo da Bolívia, por mais que atendidos na cidade, são contabilizados epidemiologicamente para o local de seu domicílio.

Reforçamos que mentiras, fake news, fofocas ou boatos, além de crime são um desserviço frente ao enfrentamento da Pandemia, e só causam mais medo e ansiedade da população. Somente a partir da divulgação de informações corretas, é que a população tem o conhecimento da real situação epidemiológica e da necessidade de cumprir todas as medidas já publicadas nos decretos municipais e tomar todos os cuidados necessários.