Nova UTI exclusiva para Covid-19, mais estruturada, será entregue em 20 dias

O prefeito Marcelo Iunes vistoriou nessa quarta-feira, 16 de julho, as obras de readequação da antiga ala B-7, na Santa Casa de Corumbá. No local, está sendo construída uma nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que, inicialmente, será destinada aos pacientes da Covid-19.

“Neste primeiro momento, vamos disponibilizar aqui 10 leitos de UTI, que poderão ser ampliados conforme a necessidade”, afirmou o prefeito. Para poder abrigar a nova unidade, toda a estrutura precisou passar por um complexo processo de intervenção.

Piso, paredes, hidráulica, elétrica e até o forro precisaram ser refeitos. “Acabou sendo um trabalho bem grande e difícil, até porque a Santa Casa é um prédio bem antigo. Mas esperamos que nos próximos 20 dias tudo isso aqui esteja finalmente concluído”, completou o prefeito.

Prefeito vistoriou obras nesta semana (Foto: Foto: Clóvis Neto)
Prefeito vistoriou obras nesta semana (Foto: Foto: Clóvis Neto)

“Mais uma vez, é importante reforçar que grande parte dos recursos que o Município recebeu para o combate ao novo Coronavírus, está sendo aplicado em obras que continuarão servindo à população mesmo depois que a pandemia acabar”, reiterou Marcelo Iunes.

A nova Unidade de Terapia Intensiva fica ao lado do Centro de Referência e Triagem para Doenças Respiratórias de Corumbá e será totalmente integrado ao local, que começa a funcionar nesta sexta-feira.

“Estamos concentrado todo atendimento aos pacientes com sintomas gripais e síndrome respiratória aguda nesta parte da Santa Casa, e desta forma vamos evitar que o vírus possa circular por outras áreas do hospital”, explicou o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite, que acompanhou o prefeito Marcelo Iunes durante a visita.

Também presente durante a vistoria, o diretor-presidente da Junta Interventora que administra a Santa Casa, Eduardo Iunes, explicou que a unidade em readequação estrutural vai receber os pacientes que atualmente estão internados no setor B-4.

“Esses leitos de UTI já existem e até já foram homologados pelo Ministério da Saúde. Eles serão transferidos para cá, um espaço bem mais adequado e com toda estrutura necessária para pacientes e profissionais de saúde”, afirmou Eduardo.

O secretário municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, o diretor-técnico do hospital, dr. Manoel João, e a secretária-adjunta de Saúde, Vanessa Delgado, também acompanharam o andamento das obras.