Corumbá recebe terceira etapa da pesquisa sobre Covid-19 UFPEL/IBOPE

Está em execução, em Corumbá, a terceira fase da Pesquisa ‘UFPEL/IBOPE: Evolução da Prevalência de Infecção por Covid- 19 no Brasil: Estudo de Base Populacional’. Caso o número mínimo de entrevistas não seja realizado até o dia 23 de junho, o período de realização pode ser ampliado.

A pesquisa consiste na aplicação de um breve questionário sobre a existência de doenças preexistentes e possíveis sintomas de Coronavírus nos últimos 30 dias, além da realização de um teste sanguíneo rápido que utiliza metodologia por punção digital, ou seja, uma picadinha na ponta do dedo.

Caso alguma pessoa seja positiva, todos os residentes da casa serão testados. A vigilância epidemiológica do município será avisada e realizará o monitoramento da família. O objetivo é medir o nível de imunização da população brasileira ao Coronavírus e identificar de que forma o vírus está se propagando pelo Brasil.

A pesquisa é coordenada pelo IBOPE Inteligência, e financiada pelo Ministério da Saúde, em parceria com a Universidade Federal de Pelotas – UFPEL. A iniciativa prevê a realização de três etapas.

A pesquisa

A pesquisa, aprovada pelo Comissão Nacional de Ética em Pesquisa e que segue todos os trâmites éticos correspondentes, irá estimar a proporção de pessoas com anticorpos para a Covid-19. Além disso, será analisada a evolução de casos na população brasileira, por meio de uma amostragem de participantes em 133 “cidades sentinelas”, que são os maiores municípios das divisões demográficas do país, de acordo com critério do IBGE.

As pessoas serão entrevistadas e testadas em casa, por meio de um sorteio aleatório, utilizando os setores censitários do IBGE como base, por agentes da IBOPE Inteligência.

**Foto: Gisele Ribeiro/PMC