Mais de 15 mil pessoas já passaram pelas barreiras sanitárias instituídas nas entradas de Corumbá

Em mais de 60 dias, os fiscais atuantes nas barreiras sanitárias já notificaram 15.173 pessoas. As barreiras iniciaram a fiscalização no dia 20 de março, no Posto Fiscal Lampião Aceso e na Rodovia Ramão Gomez. Com o objetivo de orientar e mapear a entrada de pessoas na cidade.

A Coordenadora do monitoramento, Walkíria Arruda, conta como é feito o trabalho “a barreira funciona 24hs, preenchemos uma ficha com dados pessoais, o endereço de origem, o destino, e o motivo da viagem e se a pessoa teve contato com alguém contaminado e se apresenta algum sintoma como febre, tosse, no momento é aferida a temperatura. Com estas dados iniciamos o trabalho de monitoramento, montamos uma equipe que realiza ligações no 3º, 7º e 10º dia. A maioria é homens, do nosso Estado mesmo, que estão regressando para Corumbá ou estão a trabalho”.

O Secretário de Saúde Rogério Leite conta o objetivo da barreira, “nosso objetivo é monitorar a entrada de pessoas na cidade, e possíveis casos suspeitos. Contamos com o apoio do Exército, da Marinha, e da Agetrat. Como não está permitido o trasporte de ônibus intermunicipais percebemos um aumento dos trasportes irregulares, clandestinos ou grupo de caronas. Sempre que os fiscais se deparam com uma situação desta o órgão competente é acionado imediatamente”.

O Chefe do Executivo Municipal, Marcelo Iunes conclui, “adotamos inúmeras medidas de prevenção, preservando a saúde da nossa população, mas é fundamental que todos ajudem e cumpram as medidas, e que as pessoas notificados cumpram realmente o isolamento domiciliar, pois poderão de sofrer sansões cível e penal, e só assim vamos evitar a propagação do vírus”.