Rede Municipal de Educação disponibiliza plataforma online com atividades e sugestões

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, disponibiliza a partir desta quinta-feira, 09 de abril, as atividades domiciliares, orientações e sugestões via internet, para os 16 mil alunos das escolas públicas municipais. As aulas estão suspensas desde o dia 18 de março.

São roteiros de estudos com atividades para serem realizadas no caderno do aluno , além das atividades de brincadeiras e interações, direcionados aos alunos da Educação Infantil. A plataforma esta dividida por modalidade de ensino, e nela constam o roteiro de estudo, sugestões de vídeos e de leituras.

Acesso

Os pais que não têm acesso à internet, poderão solicitar à escola a impressão ou orientações. Segundo a secretária adjunta de educação Maria do Carmo Provenzano Arruda Brum, as unidades escolares irão organizar os dias e horários de atendimento aos pais para a entrega dos roteiros de estudos com o objetivo de evitar aglomerações.

“É fundamental que os responsáveis busquem contato com as unidades, por meio das redes sociais e canais de comunicação disponibilizados pelas instituições, antes de dirigirem-se às escolas”, disse a secretária adjunta ao destacar  a orientação do prefeito Marcelo Iunes sobre o acesso às atividades. “É uma nova forma de ensino que leva em conta a autonomia e o protagonismo dos estudantes. Queremos contar com a colaboração das famílias para orientar e incentivar os estudantes nesta rotina diferente de estudos”, afirmou.

O professor será o responsável pela orientação e esclarecimento de dúvidas dos alunos pelo aplicativo WhatsApp ou outro canal disponibilizado pela escola, onde criará grupos que serão como salas de aula. Serão utilizados os telefones dos pais dos alunos de suas respectivas turmas. Para tanto é preciso que as famílias atualizem junto às escolas os contatos telefônicos e e-mails.

Já quem tem acesso, poderá acessar o site: www.semedcorumba.com.br e selecionar os roteiros de acordo com o ano em que o filho estuda e também seguir a orientação da escola.

É um momento difícil e novo para todos, pedimos paciência e aos poucos vamos organizando esse diálogo a distância. O importante será principalmente a participação da família, não podemos deixar nossas crianças 24h sem qualquer orientação.

** Texto: Semed