Em 33 dias de barreira sanitária AGETRAT abordou 14.982 veículos no Lampião Aceso

Os agentes de trânsito da AGETRAT estão juntamente com os profissionais da vigilância sanitária há exatos 33 dias trabalhando 24 horas diárias de forma ininterrupta para fazer o cadastro de pessoas que chegam em Corumbá em veículos pequenos e também fiscalizar empresas de transporte que insistem em burlar a proibição de execução de serviços de transportes de passageiros de outras cidades para Corumbá.

Atuando na barreira sanitária os agentes da fiscalização se revezam em escalas de 6 e até 12 horas de trabalho para realizar a abordagem dos veículos para que os fiscais sanitários possam coletar os dados com segurança.

“Os únicos veículos que não tem necessidade de serem parados toda hora são os veículos das mineradoras, pois estes não saem da região, ou seja, não tem contato com pessoas de outras de outras cidades. Os agentes estão há 33 dias trabalhando no local de forma ininterrupta, mudamos a troca de serviço que era feita na sede para a própria barreira e até a alimentação é feita no local. Tudo para garantir que o trabalho seja executado com excelência.” – disse Alexandre Vasconcellos.

“Viabilizamos um trailer junto a Secretaria de Meio Ambiente para dar um suporte logístico tanto para os agentes de trânsito quanto aos demais profissionais que lá atuam. Temos recebido um pouco logístico importantíssimo também da administração do posto fiscal do Lampião Aceso.” – disse Alexandre Vasconcellos, assessor-executivo da Agência de Trânsito.

Já passaram pela barreira sanitária 14.982 veículos, sendo 12.055 carros/caminhonetes, 2.483 vans/ônibus/caminhões de pequeno porte, 229 veículos com reboque e 215 motocicletas.