“Como é doce ser criança outra vez” é o enredo da Mocidade Independente da Nova Corumbá

A G.R.E.S. Mocidade Independente da Nova Corumbá entra na passarela do samba de domingo, 23 de fevereiro, fazendo a população voltando a ser criança, contando a história de Peter Pan. O samba enredo “Como é doce ser criança outra vez” foi escrito pelo Victor Raphael, Edu Chagas e Ailson Renan.

Segundo o presidente da agremiação, José Maria Rodrigues, a escola vai viajar pela terra do nunca baseado na criança que nunca quis crescer – Peter Pan. “Vamos transportar para Corumbá todos esses personagens e relembrar as brincadeiras de antigamente, vivo-morto, pega-pega; trazer os super-heróis e as contações de histórias materializando todos esses personagens”, explicou frisando que “a escola vai trabalhar com o saudosismo”.

A Comissão de Frente será feita de forma teatral por Cleber Costa, com três carros alegóricos e três tripés durante o desfile, além de desfilar com cerca de 850 pessoas em 16 alas.

O mestre de bateria será Marciglei que comandará 100 ritmistas, acompanhado pela rainha de bateria Carol Castelo, que já algum tempo ocupa o cargo na escola.

A Mocidade Independente da Nova Corumbá será a segunda escola a desfilar no domingo, 23 de fevereiro.

Ficha técnica 

Presidente: José Maria Rodrigues

Presidente de Honra: Fernanda Vanucci

Vice-presidente: Eliane Paré

Carnavalescos: Edilson de Oliveira

Diretores de Carnaval: Luís Mario Anache, Maria Lúcia Calábria (Morocha), Lenir Magalhães, Sergio Cestari, Negra Nara, Jô Diuari.

Enredo: “Como é doce ser criança outra vez”

Autores do samba-enredo: Victor Raphael, Ailson Renan e Edu Chagas.

Mestre de bateria: Mestre Marciglei

Rainha de bateria: Carol Castelo

Mestre sala e porta bandeira: Erivaldo e Taiande

Ritmistas: 100

Alas: 16

Componentes: 850 Carros Alegóricos: 03 e 03 tripés

Cores: verde, branco e vermelho;

Fundação: 22 de junho de 1999 

**Texto: Vivian Kelly

**Foto: Gisele Ribeiro/PMC