Com recorde de público, Funecão agita foliões na terça-feira de pré-carnaval

Pelo segundo ano consecutivo, o bloco Funecão agitou a terça-feira de pré-carnaval em Corumbá. Formado originalmente para mobilizar e integra as participantes do projeto Corumbá em Movimento, o bloco cresceu, reuniu mais de mil participantes e teve até uma atração nacional.

Dona de um dos hits do momento, MC Mila chamou o público para brotar no bailão e empolgou os foliões. “Feliz de mais por estar aqui, recebendo muito carinho e com o pessoal cantando minha musica”, disse a cantora, que elogiou até o clima corumbaense. “Calor, mas estou amando. Dessa energia que gente gosta”, completou.

“Mais um ano de muito sucesso do Funecão abrindo nosso Carnaval. Teremos uma semana de muita alegria, de muita participação popular e de segurança. Se Deus quiser vamos ter mais uma folia tranquila, de paz e harmonia”, afirmou o prefeito Marcelo Iunes.

O chefe do Executivo municipal acompanhou o bloco acompanhado da primeira-dama e secretária especial de Cidadania e Políticas Públicas, Amanda Balancieri Iunes, do presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Façanha, e do vereador Tadeu Vieira, líder do Governo no Legislativo.

“Como ano passado houve uma aceitação muito grande do bloco, com muito sucesso e a participação de cerca de 500 mulheres, nesse ano tivemos uma procura ainda maior pelo projeto Corumbá em Movimento, que é foco principal disso tudo”, comentou Amanda Balancieri.

“A maioria aqui participa das aulas de zumba e busca uma qualidade de vida melhor. Nesse ano trouxemos mil pessoas e, graças ás parcerias, foi possível trazer um show nacional. Estamos abrindo o Carnaval em auto estilo. Começamos com o pé direito e com certeza nosso Carnaval vai ser um grande sucesso”, completou a secretária especial.

Nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, a atração é o bloco Sandália de Frei Mariano. A concentração acontece na rua América, entre a Frei Mariano e a América, a partir das 20 horas. Os interessados ainda podem adquirir o abadá, ao valor de R$ 25, na Oficina de Dança e na Fundação da Cultura, localizada na antiga Câmara.