Lounge Gastronômico do Fasp prestigia a carne de jacaré com receitas que são a cara de MS

A 15ª edição do Festival América do Sul Pantanal recebeu na tarde desta sexta-feira, 15 de novembro, no Lounge Gastronômico, a “Cozinha Show”, com o chef Adriano Torres. Os participantes puderam aprender a preparar o Nhoque de Banana da Terra ao Molho de Pintado, prato que foi oferecido para degustação após a aula.

A Cozinha Show faz parte do VII Festival Gastronômico Sabores das Américas (Fegasa), que este ano tem como tema a carne de jacaré. “É uma carne que a gente precisa fomentar tanto para consumo interno quanto externo, porque agrega valor ao nosso mercado turístico”, diz a coordenadora do Fegasa, da Fundação de Turismo de Corumbá, Viviane de Arruda Neves.

Além das aulas de culinária, que acontecem também amanhã, a partir das 16 horas no Sindicato Rural, o VII Fegasa realiza também o Concurso Mestre Pantaneiro, do qual participam pessoas que não são profissionais da área. Foram 16 inscritos concorrendo com pratos feitos com a carne de jacaré, selecionados por edital, da cidade de Corumbá. O vencedor será conhecido neste sábado, 16.

Está sendo realizado também desde o dia 6 de novembro o Festival Gastronômico – FEGASA em nove restaurantes de Corumbá, com pratos feitos à base de jacaré, que variam de R$ 25 a R$ 30 reais, para a degustação do público. O resultado do circuito, com o restaurante e o respectivo prato vencedor, será divulgado também neste sábado.

A diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Mara Caseiro, prestigiou a Cozinha Show desta sexta-feira, e enfatizou o evento como o momento de “celebrar os sabores e os aromas tão representativos de Mato Grosso do Sul”. “Aqui se concretiza a nossa identidade. Obrigada ao Sindicato Rural por nos ceder este espaço. A gente traz para o Festival a Cozinha Show com nomes como o Adriano Torres, que são referência da gastronomia do nosso Estado. O Festival América do Sul Pantanal proporciona a integração da nossa identidade cultural e possibilita mostrar isso para todos. A gastronomia é algo que marca quando fazemos uma viagem, as cores e os sabores de um determinado lugar a gente nunca esquece. E isso com essa qualidade que nós estamos trazendo para o Festival é fantástico, é impactante”.

Ao final da aula em que apresentou o prato criado especialmente para o evento, o chef Adriano Torres afirmou que a culinária é sua razão de criar e apresentar para as pessoas suas criações é uma maneira de fazer o que gosta: “Pessoal da Fundação de Cultura do Estado, muito obrigado pela oportunidade. Estão todos convidados a fazer os cursos do Senac. É minha paixão ensinar, dar cursos sobre a culinária dos nossos sabores sul-mato-grossenses”.

O bancário aposentado Paulo Roberto de Carvalho, pernambucano que mora em Corumbá há três anos, anotou toda a receita e disse que vai fazer o prato em casa, para sua família. “Já vi algumas apresentações do chef Adriano e gostei muito. Gosto muito de sentir sabores, de misturar as coisas do Nordeste e do Centro-Oeste do Brasil. Às vezes faço pratos para a família e amigos com comidas típicas do Nordeste que me pedem pra fazer. O jacaré deveria ser estudado mais profundamente, tem um sabor diferente, específico. Tenho toda a receita de hoje anotada, pretendo fazer em casa. Adorei essa mistura do queijo com a banana da terra”.

A Cozinha Show é realizada em parceria da Fundação de Cultura de MS com a Fegasa, Abrasel, Sebrae e Senac com o objetivo de fomentar a gastronomia, levando os sabores dos ingredientes regionais para o Festival.

Realizado com investimento público da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e patrocínio da Energisa, Vale, Caixa Econômica Federal e Governo Federal, o 15º Festival América do Sul Pantanal (Fasp) acontece entre os dias 14 e 17 de novembro. A programação foi pensada para agradar a todos os gostos. E claro, tudo com entrada franca. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas na nossa página (www.fundacaodecultura.ms.gov.br) ou pelo telefone 3316-9109.

 

Texto: Fundação de Cultura de MS

Foto: Divulgação/Governo MS