Diogo Nogueira e Quarteto do Choro animam a noite corumbaense

Por volta das 23h de sexta-feira (15), o sambista Diogo Nogueira se apresentou no Palco Integração, na Praça Generoso Ponce, com a música de seu novo show “Tá faltando o quê”. Ao terminar a primeira música, ele cumprimentou o público e lembrou de quando esteve em Corumbá pela última vez. “Vim aqui há alguns anos fazer um show com a Leci, e hoje estou aqui pra fazer um show meu pra vocês”, disse, arrancando aplausos e gritos do público.

Além das músicas de seus álbuns anteriores, Diogo Nogueira cantou Djavan, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e Fundo de Quintal, em um show que durou quase duas horas. “A energia foi maravilhosa, o público é incrível. Brinquei com as meninas e os rapazes das libras, desci do palco para interagir mais. Corumbá tem um público caloroso, e a gente sempre tenta retribuir da mesma forma”.

Feliz de estar participando do Festival América do Sul, Diogo Nogueira afirmou que ainda pretende vir para conhecer a região. “O Pantanal é um lugar muito especial. Meu tio tem um sítio aqui, meu pai frequentou muito o Pantanal. Eu não tive oportunidade, mas eu prometo que venho conhecer, mas enquanto isso a gente vem trabalhando, fazendo shows esse aproximando, afinal, samba é festa, calor humano e vimos muito isso aqui”.
A estimativa de público do show foi de oito mil pessoas.

Antes do show do Diogo Nogueira, o Quarteto do Choro animou o público presente no 15º Festival América do Sul Pantanal com um repertório em homenagem a Cartola e Jacó do Bandolin. Formado desde 2013 por Áttila Gomes (vocal e percussão), Adriano Praça (sopros) e Paulinho Brasilidade (pandeiro e percussões), o grupo sempre está acompanhado do violonista Leonardo Bugalu e do bandolinista e multi-instrumentista Ivan Cruz. Tocando samba clássico como Santa Morena, Vibrações, O Mundo é um Moinho e Preciso Me Encontrar, o grupo animou os corumbaenses.

Realizado com investimento público da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e patrocínio da Energisa, Vale, Caixa Econômica Federal e Governo Federal, o 15º Festival América do Sul Pantanal (Fasp) acontece entre os dias 14 e 17 de novembro.

Texto: Fundação de Cultura de MS

Foto: Divulgação/Governo MS