Prefeitura apoia a implantação de nova Unidade da UEMS em Corumbá

A audiência pública realizada na noite de ontem, dia 25 de outubo, na Câmara Municipal de Vereadores para debater a criação de polos da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), em Corumbá, atingiu resultados além do esperado. A partir de agora, os trabalhos estão voltados para a implantação de uma nova Unidade da UEMS na cidade, a 16ª no Estado.

O evento aconteceu no Plenário “Dr. Léo de Medeiros Guimarães” justamente para debater a proposta de implantação de polos da UEMS, bem como a constituição de uma comissão de trabalho para buscar soluções, recursos e efetivação da implantação dos polos na região. Entretanto, a opção no final do evento foi pela instalação de uma Unidade na região pantaneira.

A audiência foi uma realização conjunta da própria UEMS, da Prefeitura e da Câmara de Corumbá, e do deputado estadual Evander Vendramini. Foi convocada pelo presidente do Poder Legislativo corumbaense, Roberto Gomes Façanha, e contou com a presença do deputado federal Vander Loubet.

Além de optar pela implantação da Unidade da UEMS na cidade, a audiência tratou da criação de uma comissão de estudos que, a partir da sua formação, vai debater também com a sociedade civil, os cursos que poderão vir para Corumbá.

Essa comissão será integrada por um membro da Prefeitura de Corumbá, um membro da Câmara Municipal, um membro da Assembleia Legislativa, um membro da Prefeitura de Ladário, um membro da UEMS, um membro da Sociedade Civil e um membro da Coordenadoria Regional de Educação de Corumbá.

O prefeito Marcelo Iunes colocou a Prefeitura à disposição da UEMS, para que ela implante a Unidade em Corumbá. “Local já temos. Pode ser na Escola Estadual Gabriel Vandoni de Barros, no período noturno, mas, se for necessário, com apoio da Câmara, viabilizaremos uma área para a UEMS construir sua sede na cidade”, adiantou.

O prefeito lembrou que, na época de vereador, mais de 30 requerimentos solicitando polos da UEMS foram feitos na Câmara, e continuou agora. Disse ser um anseio antigo de todos que começa a se materializar. “Vamos buscar trazer para cá, cursos que não temos, que atendam a região. É extremamente importante e vamos atender aqueles jovens que concluem o ensino médio nas escolas públicas, que terão uma oportunidade de se ingressar em uma universidade estadual”, disse.

Elogiou ainda o deputado Vander Loubet que, todos os anos, encaminha emendas para a cidade. “É nosso parceiro, nos socorreu no ano passado com R$ 1,4 milhão, aplicado no Hospital que se encontrava em situação difícil. Se não fosse isso, não sei como estaria hoje”, destacou, sugerindo aos vereadores presentes, a outorga de um título de Cidadão Corumbaense a Loubet.

Vander, por sua vez, lembrou que a audiência pública foi o primeiro passo para a instalação da Unidade em Corumbá. Enalteceu o trabalho do reitor Laércio Alves de Carvalho, que o procurou para apresentar um programa de expansão tecnológica e fortalecimento da UEMS no Estado.

“O assunto foi debatido entre os oito deputados e os três senadores da Bancada Federal em Brasília. Por unanimidade, decidimos pelo envio de R$ 10 milhões para a UEMS aplicar nesse programa que vai permitir dobrar o número de cidades atendidas. Temos obrigação de ajudar a UEMS, uma universidade consolidada no Estado”, comentou.

Quem também destacou a audiência como um momento importante foi o deputado estadual Evander Vendramini. Ele lembrou as cobranças de Marcelo Iunes, dos vereadores corumbaenses, e que agora, “está sendo possível realizar um antigo sonho, trazendo para cá, cursos que realmente serão importantes para a nossa região. Nossa cidade tem uma rica história, cultura ímpar, e precisa ser valorizada”.

A Universidade

O reitor Laércio Alves de Carvalho fez uma explanação sobre a Universidade no Mato Grosso do Sul, sobre o programa que será executado a partir da intervenção do deputado Vander Loubet que, junto à bancada federal do MS, viabilizou a emenda. Conforme ele, a ideia da UEMS “não é ocupar espaços já existentes, mas sim ampliar o sistema de oferta de cursos de graduação e pós-graduação”.

Citou que a proposta para Corumbá, é trazer cursos que atendam a demanda local, “de graduação, pós-graduação ou Ensino a Distância”. E já adiantou que o trabalho agora, será discutir quais os cursos e que a meta é, “já no ano que vem, realizar o primeiro vestibular da UEMS na cidade”.

A mesa de autoridades foi formada pelo presidente Roberto Façanha; prefeito Marcelo Iunes; deputado federal Vander Loubet; deputado estadual Evander Vendramini; reitor Laércio Alves de Carvalho; Luciene Lemos de Campos, coordenadora regional de Educação, e da professora Natalina Sierra Costa, da UEMS. Presentes os vereadores Manoel Rodrigues, André da Farmácia, Yussef Salla, João Mário e Cristóvão Contador.

A UEMS foi instituída pela Lei Estadual nº 1461, de 20 de Dezembro de 1993, credenciada pela Deliberação CEE/MS nº 4787 do Conselho Estadual de Educação. Está presente nas cidades de Dourados (sede), Amambai, Aquidauana, Campo Grande, Cassilândia, Coxim, Glória de Dourados, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba e Ponta Porã.

Os cursos disponibilizados hoje são: Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Direito, Enfermagem, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Física, Física, Letras Português-Espanhol, Letras Português-Inglês, Matemática, Pedagogia, Química, Química Industrial, Sistemas de Informação, Turismo, Ciências Sociais, História, Agronomia, Engenharia Florestal, Zootecnia, Artes Cênicas, Bacharelado em Letras, Geografia, Letras Português-Espanhol e suas Literaturas, Letras Português-Inglês e suas Literaturas, Medicina, Gestão Ambiental, Produção Sucroalcooleira, Administração, Tecnologia em Gestão Ambiental, Engenharia de Alimentos, Computação, Matemática Licenciatura, Ciências Sociais – Bacharelado, Ciências Sociais – Licenciatura, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas, além do Ensino à Distância com os cursos de Administração Pública, Licenciatura em Ciências Sociais e Licenciatura em Pedagogia.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Corumbá