Fiscalização de trânsito escolar realizou 112 ações durante mês de agosto

A fiscalização de trânsito escolar é a principal atividade do Núcleo de Fiscalização de Trânsito, da Agência Municipal de Trânsito e Transportes de Corumbá (AGETRAT).  “Esse é um trabalho voltado para segurança da comunidade escolar, uma vez que nossas equipes estão sempre presentes nos horários de entrada e saída das unidades escolares, a fim de proporcionar maior de segurança aos estudantes, pais e servidores”, explicou o diretor-presidente da AGETRAT, Alexandre do Carmo Taques Vasconcelos.

 

Diariamente nos horários de entrada e saída em todos os períodos, agentes se posicionam em frente as escolas para realizar o trabalho de fiscalização e orientação. Segundo a planilha estatística da Agência de Trânsito, até o mês de agosto os agentes estiveram 525 vezes realizando esse trabalho diário em todos os dias letivo. Somente no mês de agosto foram 112 visitas, número nunca registrado em apenas 1 mês de trabalho.

 

“A presença de um agente da fiscalização de trânsito proporciona mais segurança, sendo assim trabalhamos com um revezamento de locais visitados. Temos uma agenda de visitas que os agentes de trânsito precisam cumprir. Buscamos durante o decorrer do ano passarmos por todas as instituições de ensino, desde creches até faculdades, seja pela manhã, tarde ou noite. De toda forma, sabe-se que hoje têm mais de 60 instituições de ensino na cidade e contamos sempre com a conscientização dos motoristas para que a atenção seja redobrada nesses locais”, complementou Alexandre Vasconcellos.

 

Para o gerente de transportes Jeferson Braga, toda atenção é fundamental em locais de área escolar. “Existem dispositivos na legislação de trânsito direcionados a proporcionar segurança em ambientes de trânsito escolar, que vai desde sinalização vertical e horizontal específicas até tipificação de infrações específicas para ambientes escolares. O agente de trânsito é mais uma das ferramentas para proporcionar essa segurança, mas toda ajuda é bem-vinda, começando dos próprios pais ao se preocuparem em levar crianças pequenas na escola, em não deixar o veículo em fila dupla ou em local proibido ao deixar o aluno na escola e dos demais motoristas em diminuir a velocidade quando se aproxima da área escolar”, destacou.

 

A fiscalização de trânsito soma 13.973 abordagens a veículos em frente as escolas para que pedestres pudessem atravessar na faixa e 243 motoristas foram autuados ao colocar a vida de terceiros em riscos na área escolar.