Após anos parado, Centro de Saúde da Ladeira é reinaugurado

Reinaugurado nessa sexta-feira, 20 de setembro, o Centro de Saúde da Ladeira denominado Dr. Moisés dos Reis Amaral, está localizado na Ladeira Cunha e Cruz, e será o centro de referência da Vigilância em Saúde no Município, com mais de 40 servidores divididos entre a Vigilância Sanitária, Epidemiológica, Doenças e Agravos não Transmissíveis (DANTs) e o Programa de Tuberculose e Hanseníase, serviços que funcionavam em prédios alugados, o que acarretará grande economia ao município.

Durante a cerimônia de entrega o Secretário de Saúde Rogério Leite contou a importância da vigilância para a região, “essa é mais uma obra emblemática, essencial para a nossa cidade, sua entrega é importante para Corumbá e para o Brasil, pois estamos em uma área de vigilância de fronteira, em que há fluxo de imigrantes diariamente. Além de comportar uma estratégia saúde da família que atenderá a população da região, e que também será referência da população ribeirinha e dos moradores da zona rural, quando estiveram na cidade ”.

O Prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes destacou que esta é mais uma obra que a atual administração retomou, “esta obra começou no final de 2015, e ficou quase dois anos parada. Entregamos hoje com mobiliários novos e equipamentos de primeira linha, como as câmaras frias de última geração para resfriar as vacinas. Não podemos esquecer do grande apoio que temos dos nossos parceiros, que também possuem muito apreço pela nossa cidade, como o Governador do Estado Reinaldo Azambuja, a Deputada Federal Bia Cavassa e o Deputado Estadual Evander Vandramini”.

Presente na reinauguração, o Deputado Estadual Evander, ressaltou a mudança que está ocorrendo na cidade, “fiz questão de participar no aniversário da cidade. Devido sua boa relação, o Prefeito Marcelo Iunes está fazendo a diferença, a cidade se transformou em um canteiros de obas, com construções e reformas em toda a direção”.

Vigilância em saúde

A vigilância em saúde é a responsável pela prevenção e controle de doenças transmissíveis, pela vigilância de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, saúde ambiental e do trabalhador e também pela análise de situação de saúde da população.

Homenagem

Moysés dos Reis Amaral se graduou em medicina pela Universidade do Estado da Guanabara (1964), em 2013 fez um mestrado em Estudos Fronteiriços pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Foi titular da cadeira nº 23 do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, diretor de Documentos e Biblioteca da Academia de Medicina de Mato Grosso do Sul; membro efetivo da Sociedade Brasileira de Otorrinolaringologia; membro titular da Academia Corumbaense de Letras; membro efetivo da Academia Municipalista de Letras do Brasil e membro efetivo da Sociedade Amigos da Marinha.