Prefeitura capacita rede de atendimento para campanha contra o suicídio

Durante o mês de agosto a Secretaria de Saúde de Corumbá capacitou técnicos da rede municipal de ensino, da assistência social e da saúde, para que juntos, possam realizar inúmeras ações visando a campanha nacional de combate ao suicídio que será realizado em setembro.


O suicídio é um fenômeno complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Importante ressaltar que ele pode ser prevenido, para isto é importante reconhecer os sinais de alerta em si mesmo ou em alguém próximo.


Os principais sinais são: o aparecimento ou agravamento de problemas de conduta ou de manifestações verbais durante, pelo menos, duas semanas; preocupação com sua própria morte ou falta de esperança; expressão de ideias ou de intenções suicidas e isolamento.


A Coordenadora de Saúde Mental do Município, Marci Eliane de Melo Oliveira, explica “um indivíduo em sofrimento pode dar certos sinais, que devem chamar a atenção de seus familiares e amigos próximos, sobretudo se muitos desses sinais se manifestam ao mesmo tempo. Ao detectar, os familiares, amigos ou a própria pessoa deve procurar uma Unidades Básicas de Saúde ou o Centro de Atendimento Psicossocial”.


Para o Secretário de Saúde, Rogério Leite, é necessário uma união para o enfrentamento da doença, “o suicídio é um agravamento da depressão, que é considerada a doença do século, que acomete todas as pessoas, independente de classe social, mas percebemos que há um aumento dos casos principalmente com os jovens, por isso a importância de nos unirmos para cuidar destes adolescentes, toda a rede de atendimento deve estar capacitada para identificar o problema e saber onde procurar ajuda”.