Segurança no Carnaval de Corumbá não registra ocorrências graves

Até o presente momento não houve registro de crime grave no Carnaval Corumbá. Cerca de 370 agentes entre PM, guardas municipais e seguranças particulares estão envolvidos no planejamento, para proporcionar segurança e tranquilidade ao folião.

 

O Titular da Secretaria Especial de Segurança Pública, César Freitas Duarte, conta que até o momento não houve registro de crime grave na área do carnaval e nas adjacências, ”Só há registro de crimes de menor potencial ofensivo, como rixa e furto, porém apreendemos muitas armas brancas, como facas e tesouras nos corredores de acesso”.

 

Os órgão de seguranças envolvidos criaram corredores de acesso a passarela do samba pelas R:Major Gama e pela R:15 de novembro, para que PM e seguranças privados façam a revista pessoal em indivíduos com atitudes suspeitas, os agentes estão utilizando detectores de metal e tonfa, conhecido popularmente como bastão policial ou cassetete.

 

O Comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar de Corumbá, Tenente-Coronel Massilon de Oliveira Silva Neto reforça a importância da criação destes corredores de acesso, “Criamos estes corredores visando a segurança de todos, para abordar e revistar quem esteja em situação suspeita, é uma medida para segurança muito importante”.

 

No Clube Corumbaense foi montado um Centro de Triagem de Segurança, para onde as pessoas que interferem na ordem pública são encaminhadas, podendo ficar detidas até o final do evento ou caso necessário encaminhadas para Policia Civil.

 

No trânsito as ocorrências de são de acidentes leves, sem vítimas, somente com danos materiais.

 

“Este ano está tudo muito tranquilo, bem familiar. Não vimos briga ou qualquer confusão, têm policiais e seguranças por toda parte”, disse a foliã, Maria Luisa, que foi assistir ao desfile no domingo.

 

Ao todo são cerca de 370 agentes, entre seguranças privados, guardas municipais e policiais militares, além de câmeras de segurança e drones.