Empresário cede área para instalação de monumento doado por Cuiabá

O prefeito Marcelo Iunes definiu o local onde será instalado o monumento que a cidade de Cuiabá (MT) vai presentear o município. A definição foi tomada após reunião do chefe do Executivo corumbaense com o empresário Luiz Martins, realizada nesta terça-feira, 29 de janeiro.

 

Ao prefeito, o empresário informou que vai ceder o espaço localizado no cruzamento da avenida General Rondon com a rua Frei Mariano – área central da cidade para a instalação do monumento que simboliza uma viola de cocho e elementos de nossa integração cultural e histórica de Cuiabá com Corumbá.

 

De acordo com o empresário, que atua no ramo da hotelaria, a iniciativa vai ao encontro do decreto nº 2.091/2019, que regulamenta a lei nº 1988, de 26 de outubro de 2007, criando o “Programa de Adoção de Praças, Áreas Verdes e próprios municipais de Esporte, Educação, Cultura, Lazer e Turismo”, o programa Corumbela.

 

Iunes informou que o Município “já foi autorizado pelo empresário, que é proprietário do espaço, a instalar naquele local o monumento presenteado”. De acordo com o prefeito, a Administração aguarda apenas a liberação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), uma vez que o local fica em área de preservação histórica.

 

O monumento

 

O monumento que será entregue a Corumbá em março, pelo prefeito cuiabano, Emanuel Pinheiro, retribui o presente oferecido em 1919 pelos corumbaenses em homenagem ao bicentenário de Cuiabá. O obelisco presenteado atualmente está instalado na praça Luiz de Albuquerque, na orla do rio Cuiabá, na capital mato-grossense. A iniciativa faz parte das celebrações dos 300 anos de fundação de Cuiabá, que serão completados 08 de abril.

 

Naquela ocasião, o monumento ofertado pelo povo de Corumbá no século passado foi uma réplica do Obelisco de Ramsés II que se encontra na praça da República – em frente ao prédio do Instituto Luiz de Albuquerque (ILA) e Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária – que homenageia os heróis da Guerra contra o Paraguai e é inspirado no existente na praça da Concórdia, em Paris, que foi construído a mando do faraó egípcio Ramsés II, em 4000 a.C.  

 

Programa Corumbela

 

O Programa de Adoção de Praças, Áreas Verdes e próprios municipais de Esporte, Educação, Cultura, Lazer e Turismo, chamado de Programa Corumbela, pode ser acionado por proposta de iniciativa da Prefeitura Municipal, do setor privado e de organismos de outros níveis de governo. Seu principal objetivo é promover a integração de esforços e recursos do setor público e do setor privado na busca do desenvolvimento municipal e melhoria da qualidade de vida da comunidade de Corumbá.

 

Tem as seguintes modalidades: adoção com responsabilidade total; adoção com responsabilidade pela manutenção; adoção com responsabilidade pelo reembolso; adoção através do patrocínio de melhorias; e outras modalidades específicas.