Município abre Semana da Consciência Negra homenageando personalidades

Com a homenagem a 24 personalidades que lutam e desenvolvem projetos contra o racismo na cidade, a Prefeitura de Corumbá abriu oficialmente na noite da quarta-feira, 14 de novembro, a Semana da Consciência Negra no município. As atividades referentes à data vão até dia 30 deste mês, quando a Caminhada Contra o Racismo encerrará a programação. 

 

A cerimônia, realizada no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá (ACIC), homenageou – com certificados de reconhecimento – professores, religiosos e representantes de diferentes segmentos sociais que trabalham pela promoção da igualdade racial em Corumbá. 

 

Coordenador de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Jocimar Campos, afirmou que a homenagem buscou exaltar aqueles “que trabalham em prol do movimento negro” e, o dia 20 de novembro – data que marca o Dia da Consciência Negra – é um momento de refletir “os avanços alcançados e o que ainda há por conquistar”. 

 

Falando pelos homenageados, Ednir de Paulo, que é presidente do Instituto da Mulher Negra do Pantanal, disse que a noite da quarta-feira marcava um “momento histórico” na luta contra o preconceito racial em Corumbá. Ela ressaltou que boa parte da história corumbaense “se deu pela mão dos negros escravizados, como a própria defesa do território”, lembrou ao se referir à guerra contra o Paraguai. 

 

Secretária Especial de Cidadania e Direitos Humanos, a primeira-dama Amanda Balancieri Iunes, enfatizou que a Prefeitura trabalha com o firme propósito de promover a igualdade racial na cidade. “Trabalhamos muito contra o racismo e o preconceito. Estamos aqui à disposição de todos para, juntos, termos condições de avançarmos cada vez mais nessa luta, que é diária e de todos nós”. 

 

O prefeito Marcelo Iunes lembrou a riqueza sócio-cultural de Corumbá. Ele afirmou que o Executivo Municipal trabalha, a partir de agora, para que “a Semana da Consciência Negra corumbaense ganhe força como evento de interesse para o turismo”. Além disso, Iunes enfatizou que o 20 de novembro – data que faz referência ao dia da morte de Zumbi dos Palmares – precisa “ser oficialmente reconhecida em todo o país como um feriado comemorativo em reflexão à inserção do negro na sociedade brasileira”. 

 

Foram homenageados: Ednir de Paulo; Nara Nazareth de Lima Monteiro; Bruno Machuga; Eunice Maria Pereira; Hesley Santana Salustiano; Benedito C.G. Lima; Benedito Aparecido de Souza Santiago; Antenor Antônio da Costa; Rogério Cesar dos Santos; Davi Vital do Rosário; Natalícia Gonçalves Barbosa; José Martinez Neiva; Amanda de Paula Santos; Claudia Elizabete da Costa Moraes Mondini; Waldson Luciano Correa Diniz; Cláudia Natacha Bassi Dagel; Luiza Maria Correa Martins; Clidio Daniel Vernochi; João Carlos Garcia de Carvalho “Cacalo”; Cristóvão Rodrigues dos Santos; Adilson Moran; Claudia Araújo de Lima e Maria Eulina Rocha dos Santos. 

 

Também acompanharam a solenidade, o chefe da Casa Civil da Prefeitura Municipal, Luiz Antônio da Silva; o secretário Especial da Segurança Pública e Defesa Social, César Freitas Duarte; os vereadores Manoel Rodrigues e Cristóvão Contador, este representou o Legislativo Municipal.