Agentes de saúde têm nova ferramenta para combate ao mosquito Aedes aegypti

A Prefeitura de Corumbá, em parceria com o Governo do Estado, fez a entrega de equipamentos eletrônicos para 56 agentes de vigilância em saúde no início da tarde desta quarta-feira, 19 de setembro, no auditório do Paço Municipal. A iniciativa integra as ações de monitoramento realizadas pelos agentes municipais de saúde, auxiliando no levantamento de informações sobre os focos e criadouros do mosquito Aedes aegypti na região monitorada.

 

Os equipamentos eletrônicos fazem parte de um projeto piloto da Secretaria de Estado de Saúde (SES) implantado no município em janeiro do ano passado, utilizando um novo sistema de informação contra a disseminação do mosquito da Dengue, Zika e Chikungunya. O sistema Endemias é um aplicativo desenvolvido pela SES/MS e instalado nos equipamentos entregues aos agentes que fornecerão os dados de cada imóvel visitado na região e a existência de criadouros.

 

A nova ferramenta permite aos agentes a realização do monitoramento de imóveis com foco do mosquito através de um mapa que mostra a localização de cada um desses pontos; registro com fotos dos pontos críticos e depósitos de água não eliminados, para que ações imediatas sejam adotadas; acompanhamento do índice de infestação predial, que determina as áreas críticas de proliferação do mosquito Aedes aegypti; mapear imóveis com moradores que apresentam sintomas de Dengue, Zika ou Chikungunya.

 

O secretário Municipal de Saúde, Rogério Leite, destacou que a parceria do Município com o Estado “beneficia o trabalhador em saúde, principalmente o agente de saúde que está na comunidade cotidianamente fazendo visitas em residências, terrenos e tira a foto para documentar a possibilidade de locais que podem receber ações de promoção e prevenção em saúde. É um recurso valioso para as condições de trabalho dos profissionais e para o próprio Município, que formata uma nova condição de trabalho para todos os trabalhadores em saúde”, afirmou o titular da Secretaria informando que a administração já planeja a expansão da ferramenta para os demais agentes.

 

Após fazer a entrega inicial para seis agentes de vigilância em saúde, o prefeito Marcelo Iunes disse que os equipamentos trazem “tecnologia ao trabalho diário dos agentes”. O chefe do Executivo Municipal ressaltou ainda que o agente de vigilância em saúde exerce um trabalho fundamental para o município, porque é justamente esse profissional que está em contato direto com a população, por meio das visitas diárias que realiza, e detalha as orientações aos moradores para eliminar as situações de risco encontradas.