Fonplata: pavimentação começa a ser realidade no bairro Padre Ernesto Sassida

O prefeito Marcelo Iunes percorreu o bairro Padre Ernesto Sassida na manhã desta terça-feira, 28 de agosto. Lá, Município e Governo do Estado realizam obras de drenagem e pavimentação asfáltica como contrapartida do financiamento do Fundo Financeiro de Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata).

 

A Prefeitura de Corumbá levará pavimentação e drenagem para todas as ruas do residencial. Somadas às que serão executadas pelo Governo do Estado, as obras deverão pavimentar 100% do bairro Padre Ernesto Sassida, onde vivem aproximadamente 1.200 famílias.

 

A obra do Estado consiste na implantação de 14.505 metros quadrados de asfalto na avenida Nossa Senhora das Mercês (principal via do bairro), compreendendo 16 quadras e aplicação de 1,2 tonelada de concreto betumado. O sistema de drenagem de águas pluviais terá uma rede de 2.040 metros. Integra o projeto a pavimentação do prolongamento da Nossa Senhora das Mercês até a avenida Nossa Senhora da Candelária, um dos acessos ao centro de Corumbá. Este trecho depende de recursos federais.

 

No local, o prefeito acompanhou os serviços de implantação da base para a aplicação de CBUQ (concreto betumado) e as ações para a implantação de galerias de águas pluviais em três vias paralelas à principal avenida do bairro. Em alguns casos, as pedras são retiradas com detonação de explosivos.

 

A drenagem do bairro consumirá grande parte dos R$ 8,4 milhões que o Estado está investindo na obra, incluindo ainda o alto custo para superar o solo rochoso na implantação da rede de águas pluviais. O sistema de drenagem, distribuído em três troncos primários, beneficiará todo o bairro com rede coletora, eliminando o drama da umidade. O investimento do Governo do Estado é a contrapartida exigida pelo Fonplata para garantir o financiamento de obras estruturantes pelo município, contrato este firmado em 2017.

 

“As obras são realidade. Precisavam de contrapartidas e assumimos essas contrapartidas. Com o apoio do Governo do Estado, que nos proporcionou contrapartida também, conseguimos a liberação do Fonplata com o aporte de 20 milhões de reais, sendo quase R$ 9 milhões para aplicação no bairro Padre Ernesto Sassida e R$ 11 milhões para recapeamento de 132 quadras recapeadas. Isso nos permitiu a liberação do Fonplata só para infraestrutura da cidade”, afirmou o prefeito destacando que o primeiro local a receber a obras do financiamento do Fonplata foi o bairro Padre Ernesto Sassida.

 

O Fonplata 

 

O Município vai receber um total de 40 milhões de dólares (aproximadamente R$ 131,2 milhões) do financiamento disponibilizado pelo Fonplata. Outros US$ 40 milhões, como contrapartida estabelecida pela parceria do Município e do Governo do Estado.

 

São cinco anos para execução total do projeto. Corumbá terá cinco anos de carência para iniciar o pagamento do financiamento, que deve ser quitado num período de 13 anos. Ao todo, o Município terá 18 anos para pagar o empréstimo de US$ 40 milhões contraído com o Fonplata.

 

Lajotamento no Morro da Carlinda

 

Ainda na manhã de hoje, Iunes esteve na região do Morro da Carlinda, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Naquela localidade, a Prefeitura concluiu a pavimentação com lajotas em alamedas. Os serviços foram executados com recursos próprios da Prefeitura de Corumbá e concluídos há cerca de sessenta dias. No Morro da Carlinda o Município executou o lajotamento das alamedas São Sebastião; Vasco da Gama; Interna (São Francisco); General Osório e também um trecho da rua 7 de Setembro.