Estado socorre ribeirinhos do Pantanal com 18 toneladas de alimentos

Governo do Estado realiza mais uma ação de socorro aos ribeirinhos que foram isolados pela cheia no Pantanal, com a entrega, a partir da próxima semana, de 18 mil quilos de alimentos – 625 cestas básicas de 30 quilos – pela Cedec/MS (Coordenadoria Estadual de Defesa Civil), além de kits infantil e adulto, de limpeza e higiene pessoal.

 

Conforme levantamento da prefeitura de Corumbá, cerca de 2.500 pessoas tiveram suas casas atingidas pelas águas do Rio Paraguai, que atualmente inunda as comunidades de Porto da Manga e Porto Esperança, no baixo Pantanal (ao Sul). O Estado e o Município já atenderam, no mês passado, 225 famílias que residem em colônias da região do Rio Taquari.

 

O material enviado ao Estado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil será distribuído, em parte, aos ribeirinhos fixados na beira do Rio Paraguai, entre Corumbá e Forte Coimbra, totalizando 220 famílias, durante o Programa Povo das Águas, ação social realizada durante nove expedições por ano ao Pantanal pela prefeitura local.

 

O apoio da União a esta iniciativa do Cedec/MS de socorro aos pantaneiros tem o respaldo do decreto municipal de situação de emergência, acatado pelo Estado e reconhecido pelo governo federal em junho. No mês de maio, no pico da cheia, Estado e Município monitoraram a região atingida e cadastrou as famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica.

 

Ação conjunta

 

“O atendimento aos ribeirinhos é uma gestão do Estado, que viabilizou os alimentos e os kits junto à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, reforçando as ações da prefeitura, por meio do Povo das Águas”, destacou o coordenador da Cedec/MS, tenente-coronel Fábio dos Santos Catarineli. Ele adiantou que o Estado ainda fornecerá estoques de medicamentos.

 

Os 18 mil quilos de alimentos foram enviados a Corumbá e serão redistribuídos às mais de 600 famílias cadastradas em todo o trecho do Rio Paraguai no município. O diretor-executivo da Agência Municipal de Proteção e Defesa Civil, Isaque do Nascimento, informou que parte das cestas básicas será enviada a população do alto Pantanal (região Norte) com apoio da Marinha e Exército.

 

A expedição do Povo das Águas em atenção exclusiva aos ribeirinhos do baixo Pantanal será realizada de 20 a 25 de agosto. A ação consiste no deslocamento de profissionais das áreas de saúde e assistência social da Prefeitura de Corumbá, em um barco-hotel, com distribuição de alimentos, medicamentos, água potável, colchões e outros itens às comunidades pantaneiras.

 

A coordenadora do Povo das Águas, pedagoga Elisama Freitas Cabalhero, explicou que esta etapa do programa priorizará os distritos de Porto Morrinho, Porto da Manga, Porto Esperança e Forte Coimbra, incluindo a região do Porto Formigueiro. Além da assistência médico-hospitalar e social, o Município também fornecerá aos ribeirinhos uma cesta de 35 quilos de alimentos.