Caminhada e aulão de dança marcam encerramento do Agosto Lilás em Corumbá

Promovida pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, a Campanha Agosto Lilás foi encerrada nessa quinta-feira, 30, em altíssimo astral. Uma grande quantidade de mulheres participou da caminhada e do aulão de dança realizados no Complexo Poliesportivo. O trabalho foi iniciado no começo do mês com foco principalmente na conscientização da população.

 

“Estamos encerrando esta noite com essa linda Caminhada do Agosto Lilás no Combate a Violência, onde as mulheres desse projeto de dança maravilhoso da FUNEC (Fundação de Esportes) estão todas unidas também com essa causa. Hoje estamos todos em prol do fim da violência contra a mulher. Todas estamos dizendo que sim, metemos a colher”, afirmou a primeira-dama e secretária especial Amanda Balancieri Iunes.

 

Amanda reforçou que as ações de combate à violência contra a mulher continuarão sendo desenvolvidas ao longo de todo o ano. “Enfatizamos essa campanha neste mês por causa da Lei Maria da Penha, que faz aniversário nesse período. É onde trazemos várias atividades em destaques em todos os cantos da cidade, mas esse é um trabalho importante que prossegue o ano inteiro”, continuou.

 

Na avaliação da secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos, o principal objetivo da campanha foi atingido. “Foi ótimo, muito bem aceito pela comunidade. Estamos tendo um retorno por causa desse movimento, dessa conscientização. Isso mostra que todo esse trabalho é gratificante e precisa sim ser intensificado”, finalizou.

 

Agosto Lilás

 

A Prefeitura de Corumbá abriu oficialmente a campanha Agosto Lilás no dia 07 de agosto. O objetivo é sensibilizar a sociedade para o fim da violência contra mulheres e meninas por meio de ações de mobilização, palestras, debates, encontros, panfletagens, eventos e seminários visando à divulgação da Lei Maria da Penha, estendendo-se as atividades durante todo o mês de agosto, para o público em geral.

 

Desde a sua criação, a Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, através de sua Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, tem realizado palestras informativas não só nas escolas, mas em igrejas, associações, CRAS, no Pantanal, assentamentos, rural, no estabelecimento penal e empresas. A campanha Agosto Lilás tornou-se lei estadual (n° 4.969) em maio de 2016. No ano seguinte, tornou-se lei municipal (n° 2.583). Tem o objetivo de difundir nas escolas a Lei Maria da Penha.