Escola Luiz Feitosa Rodrigues promove conferência sobre meio ambiente

Desde 2012, a Escola Municipal de Educação Integral Luiz Feitosa Rodrigues, a partir do modelo da Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) e Ministério do Meio Ambiente (MMA), apresenta um novo projeto de Educação Ambiental.

 

A proposta foi incorporada ao Projeto Político Pedagógico e a cada ano está sendo aprimorado com o objetivo de partilhar conhecimentos e mudar atitudes. Neste ano, a temática implementada surge do projeto “Cuidando das Águas” e intitula-se “O Brasil que queremos: olhando as águas”, com ênfase na relação entre a escola e a comunidade.

 

Na tarde desta terça-feira, 05 de junho, acontece uma conferência sobre o tema. A ação conta com a participação de todos os estudantes e professores da escola, além da própria comunidade escolar. Serão realizadas palestras, danças, sarau, oficinas e apresentados projetos desenvolvidos com o foco no cuidado das águas, para os quais a escola contou com inúmeras instituições parceiras ao longo do bimestre.

 

Para a diretora Tânia R. Giacometti “é preciso discutir o uso da água e mudar a filosofia de vida existente, visando a conscientização dos estudantes, pois este bem natural pode ser consumido de forma responsável por todos”, disse. A gestora destacou ainda que “dentro desta visão inserida em nosso Projeto Político Pedagógico, a EMEI Luiz Feitosa Rodrigues acredita como promissor convidar o cidadão que existe em cada estudante, professor e família  a falar mais alto do que o consumidor e de forma permanente buscar diálogos constantes e abertos com a comunidade local, mas sem esquecer o global”.

 

Segundo a gerente de Políticas Públicas Educacionais, Silmara Cristina Nery de Freitas, “preservar o meio ambiente é fundamental, afinal, nele estão os recursos naturais necessários para a nossa sobrevivência, como água, alimentos e matérias-primas. Sem esses recursos, todas as formas de vida do planeta poderão acabar. Muito nos honra ver nossas escolas da Rede Municipal de Ensino (REME) com projetos tão importantes”.