Assistência Social promove atualização sobre Cadastro Único e Bolsa Família

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, está promovendo uma atualização sobre Cadastro Único e o Programa Bolsa Família para os funcionários dos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e técnicos envolvidos diretamente no trabalho.

 

A capacitação começou na tarde dessa terça-feira, 26, e terminou nesta quarta. “Apesar de todo o trabalho já feito, ainda encontramos muitas pessoas que não conhecem o Cadastro Único e o Bolsa Família ou que tem dúvidas sobre esses programas”, explicou a assessora de Políticas Sociais da Assistência Social, Adelma Galeano, que representou a secretária Glaucia Fonseca dos Santos Iunes no evento.

 

“Nosso trabalho aqui será de capacitar os servidores para apresentarem esses serviços à população com melhor qualidade e conhecimento. Por isso também estão participando os técnicos do programa Criança Feliz”, complementou a supervisora do Bolsa Família em Corumbá, Clarice Souza.

 

A capacitação foi realizada pelas técnicas Elza de Souza Franke e Edna Paulo dos Santos e aconteceu no CRAS I, localizado no bairro Centro América.

 

Programas Federais

 

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

 

O Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Estado brasileiro para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais.

 

Já o Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. Em todo o Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.