Caminhada do Trabalhador encerra ações do Abril Verde

Para finalizar a campanha Abril Verde, de alerta sobre saúde e segurança do trabalhador, a Prefeitura de Corumbá, através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu a Caminhada do Trabalhador na manhã do dia 28 de abril. A caminhada também foi para lembrar o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho.

 

Durante todo o mês de abril, a equipe do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) promoveu ações de conscientização sobre segurança do trabalhador para a sociedade em geral, empregadores e empregados. Visitas em obras e empresas, palestras de alerta sobre cuidados no trabalho, distribuição de cartilhas e panfletos foram atividades realizadas, culminando na caminhada do último sábado.

 

“É muito importante essa ação da Secretaria Municipal de Saúde. Quando assumimos a gestão, identificamos que estávamos perdendo o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) e corremos atrás, junto ao Governo do Estado, para que nosso núcleo fosse mantido. Com isso, possibilitando ações como esta do Abril Verde e proporcionando a conversa com empresas sobre saúde do trabalhador e a segurança do trabalho, fazendo com que tenhamos maior promoção em saúde fazendo a prevenção”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Rogério Leite.

 

Conforme Maqueson André Garcia, coordenador do CEREST, a equipe que realizou visitas em obras de construção civil e no frigorífico de jacarés foi muito bem aceita pelos patrões e diretores. “A gente está contribuindo com eles para melhorias no setor, do serviço dos trabalhadores deles. Esse dia da caminhada é mais um alerta do que comemoração para que as pessoas se conscientizem da importância que é a prevenção de acidentes de trabalho”, disse.

 

Maqueson aponta como positivas todas as atividades realizadas na campanha. “Acredito que o caminho foi aberto para que as empresas vejam no CEREST um parceiro. O Centro de Referência sempre vai buscar essa parceria como fizemos no Abril Verde, que teve o objetivo de conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção de doenças e acidentes que ocorrem no ambiente de trabalho”.

 

Desde 2014, o mês de abril é reservado no Brasil para a conscientização da segurança e saúde do trabalhador. O Abril Verde surgiu por iniciativa do Sindicato dos Técnicos de Segurança do Paraná e logo ganhou atenção e apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT). A ideia foi disseminada no país especialmente pela quantidade de acidentes de trabalho registrados todos os anos. O Brasil é o 4º no ranking de acidentes fatais de trabalho, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT). São quase 4 mil trabalhadores mortos ao ano, enquanto o número total no mundo chega a 321 mil.