Município orienta agentes e técnicos sobre Bolsa Família e Cadastro Único

Promover a interação entre agentes e técnicos sobre os programas Bolsa Família e Cadastro Único para melhor servir a população que procura os benefícios em Corumbá. Este é o objetivo do 2° Encontro Intersetorial do Programa Bolsa Família, promovido pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social ao longo de toda a quinta-feira, 19 de abril.

 

Realizado no plenário da Câmara Municipal, o segundo Encontro Intersetorial reúne profissionais das secretarias municipais de Saúde; Educação; da própria Assistência Social e também servidores da Educação do Estado.  “O grande objetivo é discutir sobre o programa Bolsa Família e cadastro no Município. Trouxemos educação e saúde para se juntarem conosco para discutirmos o programa. É importante empoderarmos os agentes para que sejam multiplicadores. Estamos aqui com servidores da educação, saúde e assistência social para termos um mesmo procedimento discurso”, explicou a supervisora do Programa Bolsa Família/Cadastro Único do Município, Clarissa Souza Santiago.

 

A supervisora esclareceu que o acesso aos benefícios tem como caminho de ingresso os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). “A pessoa precisa ter o cadastro único, que é um instrumento do Governo Federal que mapeia as necessidades da população. Para esse cadastro, o caminho são os CRAS, que fazem a orientação e o próprio cadastramento com documentação pessoal, declaração escolar. Lançado no sistema sai o número do NIS, depois de 48 horas. Com o NIS entre 30 e 60 dias vai ao CRAS para saber se está contemplado ou não no programa. Sendo contemplado, encaminhamos para a Caixa Econômica Federal que faz os cartões, abertura de conta”, informou.

 

Quem recebe o Bolsa Família, precisa atender critérios como ter filhos em frequência escolar; manter acompanhamento da saúde. Em caso de descumprimento pode acontecer o bloqueio, suspensão ou cancelamento do benefício.

 

A programação do 2° Encontro Intersetorial do Programa Bolsa Família, coordenado pela secretária municipal de Assistência Social, Gláucia Fonseca Iunes, contempla palestras sobre Cadastro Único e Bolsa Família; Condicionalidades do Programa Bolsa Família na educação; Condicionalidades do Programa Bolsa Família na saúde; Benefício de Prestação Continuada; Secretaria Municipal de Assistência Social (novo modelo) e Programa Criança Feliz.

 

“Quando colocamos aqui a educação, saúde e assistência social juntos, que formam o tripé do desenvolvimento humano, avançamos, trabalhando juntos somos forte. Não temos como fazer assistência sem ter educação e saúde juntas”, destacou a assessora de Políticas Sociais da Secretaria Municipal de Assistência Social, Adelma Galeano. Atualmente, aproximadamente 10 mil famílias estão inscritas no Cadastro Único em Corumbá.