Procon realiza pesquisa de Páscoa e diferença de preços chega a 80%

A Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Corumbá realizou uma pesquisa de preços com os principais produtos consumidos durante a Páscoa. Foram analisados cinco mercados da cidade e a variação de preços do mesmo produto chegou a variar até em 80%.  

 

“O filé de pintado, por exemplo, teve diferença de até 84% no valor. Em um estabelecimento o produto custa R$ 55,00 e em outro custa R$ 30,00. Outro exemplo é o fubá saboró, onmde foi detectada diferença de até 59%”, comentou o diretor-executivo do Procon, Alexandre de Carmo Taques Vasconcellos.

 

Segundo ele, a pesquisa ajuda o corumbaense a economizar dinheiro e tempo. “O consumidor já sai de casa sabendo onde ele vai encontrar o melhor preço. E mais ainda, se ele consegue economizar, consegue também levar um número maior de produtos do que ele planejava”, continuou o advogado.

 

Outra dica é não deixar para fazer as compras já na véspera do feriado. “Vale reforçar também que esse consumidor faça sua compra o quanto antes, pois os produtos com preços menores tendem a acabar primeiro, ficando depois como opção apenas os produtos com preços mais caros”, explicou.

 

Em relação aos ovos de pascoa, Alexandre Vasconcelos lembrou que é importante os pais se atentarem se o produto é indicado para a faixa etária da criança. “Esses ovos podem ter um brinquedo dentro que varia conforme a idade indicada. É preciso analisar também se tem o selo do Inmetro na embalagem do produto, o prazo de validade”, completou o gerente do Procon de Corumbá.