Evento incentiva inclusão e celebra Dia Internacional da Síndrome de Down

Promovido pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos através de sua Coordenadoria de Políticas Públicas Para Juventude, o evento ‘Amor Para Down e Vender’ marcou a celebração do Dia Internacional da Síndrome de Down na tarde desta quarta-feira, 21 de março.

 

Realizada na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), a iniciativa contou com apresentações culturais da Oficina de Dança e da banda Manoel Florêncio; atividades recreativas e uma gincana.

 

Representando o prefeito Marcelo Iunes, a primeira-dama Amanda Iunes acompanhou todo o evento. Participou também das palestras e atividades realizadas pela manhã na instituição. Ela destacou que a data, bem como os eventos promovidos, buscaram “levar informação, conscientização e respeito, além de mostrar a importância de da inclusão”. A primeira-dama reforçou que a Administração Municipal é “parceira na promoção da inclusão social”.

 

A secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos, Beatriz Cavassa de Oliveira, afirmou que a Prefeitura trabalha buscando levar informações para a sociedade com a finalidade de “tornar a igualdade e a inclusão efetivas em nosso município”. Também participaram do evento o secretário especial de Segurança Pública e Defesa Social, César Freitas Duarte; o comandante da Guarda Municipal, Claudinei Soares Gonçalves; o coordenador de Políticas Públicas Para Juventude, Diego Coelho, e o coordenador de Políticas Públicas para LGBT, Renan Júnior Oliveira de Paula.


O Dia Internacional

 

O Dia Internacional da Síndrome de Down é celebrado anualmente em 21 de março, fazendo alusão aos 3 cromossomos no par número 21, característico das pessoas com Síndrome de Down.

 

A data tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade. A Síndrome de Down não é uma doença, mas sim uma mutação do material genético humano, presente em todas as raças.

 

Os motivos para a ocorrência da Síndrome de Down ainda são desconhecidos, mas o que se sabe é que começa na gestação, quando as células do embrião são formadas com 47 cromossomos, sendo que o normal seriam 46 cromossomos.


A APAE em Corumbá

 

A APAE de Corumbá tem 46 anos de existência. Foi fundada em 1971, pelo casal Antônio Pedro de Barros e Odilza Miranda de Barros. Eles perceberam a necessidade de atendimento qualificado devido ao nascimento de um filho.

 

 

São dois turnos de serviços voltados às pessoas com deficiência intelectual, porém devido aos agraves que a deficiência intelectual gera, causando outras deficiências múltiplas, a instituição acaba por atender pessoas com deficiência intelectual e múltipla.

 

 

A APAE oferece ainda unidade educacional, com educação infantil, além do ensino fundamental de 1º e 2º anos. Há também o atendimento clínico. São oferecidos tratamentos com psicólogos, fisioterapeutas, dentistas, terapeutas ocupacionais, além de atendimento médico.

 

O objetivo principal da APAE é promover e articular ações de defesa dos direitos das pessoas com deficiência e representar o movimento perante os organismos nacionais e internacionais, para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelas APAEs, na perspectiva da inclusão social de seus usuários. As APAEs têm como principal missão prestar serviços de assistência social no que se diz respeito a melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência, conscientizando cada vez mais a sociedade.