Escolas de samba aproveitam ensaio técnico para ajustes finais

Ensaio técnico das escolas de samba levou um bom público para a Passarela do Samba corumbaense na noite da terça-feira, 06 de fevereiro. Foi a oportunidade para as 10 agremiações acertarem detalhes finais como evolução da comissão de frente, casal de mestre-sala e porta-bandeira, bateria, bem como as inovações que cada uma projeta para os dois dias de desfile oficial.

 

As apresentações – ao longo da rua Frei Mariano e avenida General Rondon –  foram um “esquenta” e deixaram o público animado e na expectativa pelo início da Folia de Momo. Para as agremiações foi o teste final antes da avenida. “O ensaio é para que as escolas sintam o ‘puxão’ da Avenida. É uma situação positiva para escola, intérpretes, mestres de bateria. É um grande teste para o carnaval”, disse Zezinho Martinez, presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de Corumbá (Liesco).

 

Diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, Luiz Mário do Nascimento Cambará, classificou o ensaio técnico como o início do carnaval corumbaense deste ano. “Hoje foi uma pequena mostra do que as escolas de samba estão preparando para os desfiles. Teremos uma disputa bastante acirrada entre elas. Já começamos o carnaval, que promete ser um dos melhores dos últimos tempos”, disse.

 

O prefeito Marcelo Iunes acompanhou a apresentação das 10 agremiações – cada entidade teve 30 minutos para cruzar a Passarela do Samba. O chefe do Executivo Municipal destacou a oportunidade de as escolas promoverem correções antes dos desfiles dos dias 11 e 12 de fevereiro. “O ensaio ajuda a corrigir erros e dá a chance para que as escolas se preparem para fazer um grande carnaval”, afirmou. “Ano passado não houve o ensaio. Este ano transferimos para terça-feira. Estamos estudando para que nos próximos anos o carnaval comece na terça-feira [que antecede a folia] com o ensaio técnico das escolas de samba”.

 

Participaram do ensaio técnico: Unidos da Major Gama; Imperatriz Corumbaense; A Pesada; Acadêmicos do Pantanal; Caprichosos de Corumbá; Estação Primeira do Pantanal;  Marques de Sapucaí; Vila Mamona; Mocidade Independente da Nova Corumbá e Império do Morro.