Agetrat orienta condutores bolivianos sobre legislação brasileira de trânsito

A Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat) iniciou nesta sexta-feira, 26 de janeiro, processo de orientação a condutores bolivianos sobre a legislação de trânsito brasileira. O serviço começou pelo Posto Esdras, zona de fronteira do Brasil com a Bolívia. Equipe do 6° Batalhão de Polícia Militar acompanhou a ação.

 

“É um trabalho de educação. A partir desse contato com os bolivianos estamos orientando para que respeitem a nossa legislação de trânsito”, afirmou o diretor-executivo da Agetrat, capitão PM Cleiton Douglas da Silva.  “Temos registrado muitas reclamações sobre veículos bolivianos estacionados em locais proibidos”, complementou.

 

De acordo com o diretor-executivo da Agência de Trânsito, o trabalho educativo conta com a distribuição de panfletos, que também alertam a respeito do transporte clandestino de passageiros. Cleiton Douglas antecipou que posteriormente, a Agetrat “vai trabalhar a parte repressiva com aplicação de multas e recolhimento de veículos” disse. “Depois de recolhidos pela equipe da Agetrat, esses veículos só podem sair do Brasil após pagamento da multa, pátio e todos os encargos referentes à infração”, finalizou.