Prefeitura divulga vencedores do Concurso de Presépios – Edição 2017

A Prefeitura divulgou sexta-feira (29) o resultado do Concurso de Presépios – Edição 2017, um evento promovido e realizado pela Fundação de Cultura e Patrimônio Histórico de Corumbá.

 

O evento regulamentado no edital nº 009/2017, consistia na entrega de um presépio natalino que ficaria em exposição a partir do dia 18  – juntamente com outros participantes – na “Casa do Dr. Gabi”, sediada na esquina das ruas XV de Novembro e Cuiabá, no centro da cidade. O concurso estava aberto a qualquer pessoa física ou jurídica com interesse em demonstrar sua arte através do tema e padrões do Presépio de Natal.

 

Segundo o Diretor-Presidente Luiz Mário do Nascimento Cambará, o evento foi um sucesso “porque revelou que as pessoas ainda mantém o espírito natalino dentro de si, não apenas na manifestação de sua fé pessoal, mas também na preservação da cultura artística e tradições referentes à essa época do ano, o que é muito bom”.

 

De acordo com Cambará:

 

“Corumbá é uma cidade muito riquíssima em cultura – e esperamos promover outros eventos assim para continuar estimulando e revelando novos talentos culturais”.

 

A escolha dos melhores presépios consistiu na votação popular, através de uma urna instalada no local da exposição. Cada visitante só podia votar uma vez.

 

Segue abaixo a relação dos vencedores e seus respectivos prêmios:

 

1º Lugar: Marilene Alves da Silva (R$ 1.200,00)

2º Lugar: Maria José de Oliveira Mendes (R$ 800,00)

3º Lugar: Pedro Celso Sampaio da Silva  (R$ 600,00)

 

Presépio

 

Presépio, na língua portuguesa, designa o local onde se recolhe o gado ou o estábulo. O presépio, todavia, é também uma referência cristã que remete para o nascimento de Jesus em Belém, na companhia de São José e da Virgem Maria.

 

Tornou-se costume em várias culturas montar um presépio quando é chegada a época de Natal. Variam em tamanho, alguns em miniatura, outros em tamanho real. O primeiro presépio do mundo teria sido montado em argila por São Francisco de Assis em 1223.