Na Câmara, prefeito acompanha última sessão legislativa do ano

O prefeito Marcelo Iunes acompanhou a última sessão ordinária do ano legislativo na Câmara Municipal de Corumbá na tarde da terça-feira, 12 de dezembro. A sessão teve pauta cheia com votações de requerimentos, indicações e moções de congratulações. Também houve a discussão e votação de 24 projetos de leis do Poder Legislativo e também do Poder Executivo, que foram aprovados.

 

A presença do prefeito na sessão marcou um fato inédito. Foi a primeira vez – na história recente da política corumbaense – que um chefe do Executivo Municipal acompanha a última sessão ordinária daquela Casa de Leis. Tradicionalmente, os prefeitos participam da abertura do ano legislativo e em sessão extraordinária.

 

“Vim aqui para agradecer o empenho de todos os vereadores na análise dos nossos projetos de lei. Empenho que se repetiu no dia de hoje com os vereadores, dentro de suas comissões legislativas, dando pareceres. Agradeço esse apoio”, disse o prefeito. Marcelo Iunes foi vereador por três mandatos consecutivos.

 

Entre os projetos de lei do Executivo aprovados pelos vereadores na última sessão ordinária do ano, estavam, por exemplo: o que organiza a Secretaria Especial da Transparência e Controle Interno e a carreira dos Auditores do Município; o que dispõe sobre a carreira ‘Gestão Governamental’, integrante do Grupo Ocupacional Gestão Organizacional do Plano de Cargos e Carreiras da Prefeitura Municipal de Corumbá e o que autoriza o Poder Executivo Municipal a doar áreas ao Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

 

O presidente da Câmara Municipal, vereador Evander Vendramini, destacou o trabalho do prefeito Marcelo Iunes nesses mais de 40 dias de gestão. “Tenho a certeza que fará uma grande gestão, um grande trabalho no comando da Prefeitura. A Câmara está aqui para ajudar. O Legislativo tem a função de fiscalizar e legislar, sempre com muita seriedade. Nossa preocupação é especialmente em função da nossa população, que espera que seus representantes possam defendê-la”, afirmou o chefe do Legislativo Municipal.