Com chilenos, Prefeitura defende Rota Bioceânica passando por Corumbá

O secretário municipal de Indústria, Comércio e Produção Rural de Corumbá, Renato dos Santos Lima, participou nessa segunda-feira, 27 de novembro, na Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, de uma reunião com empresários e representes do governo chileno.

 

O tema do encontro foi a viabilização da Rota Bioceânica ligando os oceanos Pacífico e Atlântico.  “Estamos prestes a garantir a assinatura do presidente Michel Temer e do presidente Evo Morales para a implantação da Ferrovia Transamericana. Portanto estamos reafirmando Corumbá como melhor opção de saída para essa rota bioceânica”, explicou Renato.

 

Durante a reunião, o secretário defendeu a região pantaneira como melhor caminho para o trajeto. “Existe a opção de ir por Porto Murtinho, passando pelo Paraguai, Peru e Chile, mas a nossa rota está mais pronta, porque em Murtinho ela precisa de uma ponte e de pelo menos mais 300 quilômetros de asfalto”, afirmou Renato, que complementou:

 

“Nossa rota está praticamente pronta, pois já temos toda ela asfaltada, uma ferrovia pronta precisando apenas de reparos, além da hidrovia. Então ligamos os três modais, por isso entendemos que Corumbá é a melhor opção nesse momento”, concluiu. Participaram do encontro o diretor da empresa Cyties, que atua em parceria com o governo chileno, Raúl Catalán Castro, e o advogado Cristián Reyes.