Prefeito participa de ação do Outubro Rosa na Rede Feminina

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira participou na manhã desta terça-feira, 10 de outubro, da campanha Outubro Rosa para as pacientes atendidas pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá (RFCCC). No evento, ele ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela Rede; reforçou o apoio e o empenho do Município em garantir a prestação de um serviço oncológico na cidade.

 

 “É uma ação muito bonita, voluntária que ajuda a minimizar o sofrimento das pessoas e das famílias. Que continuem com essa força e nessa luta. Que vocês perseverem e tenham muita força para caminharem sempre em prol do avanço no que se refere à oncologia”, disse o prefeito. “Reitero nosso compromisso e comprometimento com vocês naquilo que for possível e no que não for [possível], nos procurem para que possamos juntos buscar alternativas para solução”, afirmou o chefe do Executivo corumbaense.

 

Ruiter destacou que desde 1° de março deste ano, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia de Corumbá (Unacon) atende com dois novos médicos, que agora residem na cidade, também oferecem suporte à Santa Casa, além de realizar o atendimento ambulatorial e cirúrgico no Centro de Oncologia. Na prática, isso representa mais conforto e dignidade aos pacientes que lutam contra o câncer.

 

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá, Sabina Acosta da Costa, classificou como “muito importante” a participação de Ruiter na abertura da campanha junto às pacientes. “Dá segurança para nosso trabalho saber que o prefeito abraça nossa causa”, disse.    

 

O Outubro Rosa terá a 5ª Caminhada Contra o Câncer realizada no dia 28 de outubro (sábado). A saída será às 08 horas da sede da Rede Feminina na rua 15 de Novembro. O encerramento da programação da campanha Outubro Rosa será no dia 29 de outubro, às 19 horas, com uma missa no Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora.

 

Outubro Rosa

 

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos com o objetivo de conscientizar e alertar sobre a prevenção pelo diagnóstico precoce.

 

A primeira iniciativa vista no Brasil do Outubro Rosa foi em 02 de outubro de 2002 quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, situado em São Paulo recebeu a iluminação toda rosa. Desde esse ano, várias cidades do Brasil também realizam eventos para a conscientização.

 

A Rede Feminina

 

A Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá atende a pacientes não apenas das zonas urbanas de Corumbá e Ladário, como também de assentamentos e bolivianos. Atualmente, a Rede atende cerca de 160 pacientes, mas esse número é bastante dinâmico pela quantidade contínua de pessoas que entram e saem do cadastro da instituição.

 

A ONG auxilia pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) com entrega de cestas básicas, fraldas e até com suplemento nutricional, fundamental para quem está passando pelo processo de quimioterapia. Esses pacientes são cadastrados e passam a receber ajuda tanto de alimentos quanto financeira. Para isso, a Rede conta com o voluntariado de uma advogada e de assistentes sociais que agilizam esses pedidos. Além disso, fisioterapeutas, psicóloga, nutricionistas e terapeuta reiki também atuam como voluntárias. No total, são 23 mulheres ajudando nas atividades cotidianas da entidade.

 

Em maio deste ano, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira visitou a Rede Feminina de Combate ao Câncer de Corumbá. Ele conheceu os projetos desenvolvidos pela instituição, que completou 11 anos no município. Na ocasião, o chefe o Executivo corumbaense garantiu parceria com a Organização Não Governamental (ONG) e reconheceu o relevante trabalho prestado pela entidade para a sociedade.