Na Assembleia, Ruiter recebe Comenda do Mérito Legislativo

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira recebeu a Comenda do Mérito Legislativo na noite desta terça-feira, 17 de outubro, durante sessão solene da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, no Plenário Deputado Júlio Maia, em Campo Grande.

 

A Comenda foi proposta pelo deputado estadual Beto Pereira (PSDB). De acordo com o parlamentar, Ruiter sempre defendeu as raízes pantaneiras e trabalhou para melhorar as condições de vida dos corumbaenses. O deputado também destacou que o prefeito é um “grande defensor do meio ambiente” e promove ações que garantem a preservação do santuário ecológico que é o Pantanal.

 

Uma das ações destacadas por Beto Pereira, ao propor a outorga da Comenda do Mérito Legislativo foi a sanção de Ruiter a lei que proíbe, pelo período de 10 anos, a captura, o embarque, o transporte, a comercialização, processamento, a industrialização, e a guarda do peixe Dourado (Salminus Brasiliensis), no município de Corumbá. 

A medida, segundo o deputado, é de extrema importância para a preservação do meio ambiente e faz um alerta para a necessidade de preservação do estoque pesqueiro dos rios pantaneiros. Também serve de inspiração para criação de leis com maior abrangência – em nível estadual, por exemplo – que possam garantir a sustentabilidade ambiental do estado.

 

A Comenda do Mérito Legislativo foi instituída pela Resolução 02/1985, com o objetivo de agraciar personalidades que se dedicaram ao trabalho sócio, político ou econômico para o desenvolvimento e projeção de Mato Grosso do Sul.


Perfil

 

Nascido em Corumbá, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira é formado em Ciências Econômicas, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, e em Ciências Contábeis, pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem pós-graduação em Contabilidade Gerencial, Auditoria e Controladoria pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal.

 

Em 1985 ingressou no serviço público estadual através de concurso público de provas, no cargo de Agente Tributário Estadual e, em 1992, no cargo de Fiscal de Rendas. Foi chefe da Agência Fazendária de Corumbá; subdelegado de Fazenda de Corumbá; delegado de Fazenda; gestor de Fiscalização de Estabelecimentos da Regional Oeste e superintendente de Administração Tributária.

 

Está no terceiro mandato como prefeito de Corumbá, foi eleito em 2016. Antes, administrou a Prefeitura Municipal de Corumbá no período de 2005 a 2012.