Semana do Trânsito trabalha conscientização na busca por segurança viária

Promovida até 25 de setembro pela Prefeitura de Corumbá, por meio da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (AGETRAT), a Semana Nacional de Trânsito trabalha com a finalidade de conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança viária. O tema proposto para este ano é “Minha escolha faz a diferença no trânsito”.

 

“Nossa grande ferramenta é a educação. As crianças são grandes agentes fiscalizadores. A partir do momento que levamos as informações para as escolas, as crianças cobram dos pais e familiares o respeito às leis e sinalização de trânsito”, afirmou o diretor-executivo da AGETRAT, Paulo Guilherme de Arruda, durante uma blitz educativa no final da manhã desta quarta-feira, 19 de setembro, no cruzamento das ruas Frei Mariano e 13 de Junho.

 

A Agência Municipal antecipou as ações da Semana do Trânsito e promove diversas atividades de educação e conscientização. “Começamos a nossa campanha na semana passada, com o Dia D na porta das escolas sobre o respeito às faixas de pedestre”, ressaltou Paulo Guilherme. Ele destacou as ações realizadas. “Estamos com panfletagens e palestras em escolas, blitz educativa, faremos palestra em empresa pública. No dia 25 (segunda-feira) teremos uma caminhada em parceria com a Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos com algumas escolas”, disse o diretor-executivo da AGETRAT.

 

Em Corumbá, Paulo Guilherme informou que as infrações de trânsito mais comuns são “o uso do celular ao volante e o não uso do cinto de segurança”.

 

Prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a Semana Nacional de Trânsito tem a finalidade de conscientizar a sociedade, com vistas à internalização de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a valorização da vida focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.