Ruiter cria equipe especial para fiscalizar transporte irregular de passageiros

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira anunciou a criação de uma equipe especial para combater o transporte clandestino de passageiros em mototáxis e táxis na cidade. O anúncio aconteceu na manhã desta quinta-feira, 03 de agosto, durante a entrega do kit obrigatório (colete e camiseta) para 49 mototaxistas autorizados. Essa equipe exclusiva contará com representantes dos mototaxistas credenciados pelo Município e do Sindicato dos Taxistas.

 

“Vamos montar uma equipe especial de fiscalização para identificar os mototaxistas que atuam irregularmente na cidade. Essa equipe, do Poder Público Municipal, será formada por funcionários que a Agetrat vai indicar. Deixamos uma vaga para que vocês indiquem um nome de confiança para, junto conosco, compor essa fiscalização”, anunciou o prefeito ao discursar durante a solenidade no auditório da Prefeitura. Ruiter informou que o Sindicato dos Taxistas também vai indicar um nome, da categoria, para “fiscalizar a situação dos taxistas irregulares”.

 

A medida, explicou o chefe do Executivo corumbaense, tem como objetivo “coibir o transporte clandestino feito por mototaxistas e taxistas que atuam irregularmente na nossa cidade”. Essa equipe terá a missão exclusiva de fiscalizar o setor para que as providências contra o serviço irregular possam ser devidamente tomadas pelos órgãos competentes.

 

“Os integrantes da equipe vão trabalhar para fiscalizar o segmento e identificar o problema para que os órgãos competentes tomem as atitudes legais que o caso requer. Se for de competência do poder Executivo Municipal, nós tomaremos as providências. Se for para encaminhar aos órgãos de repressão, como Polícia Militar e Polícia Civil, vamos encaminhar”, declarou Ruiter.

 

Aos mototaxistas credenciados presentes na entrega dos kits obrigatórios, o prefeito pediu que o nome indicado – pode ser uma lista tríplice – precisa ser de confiança da categoria e conhecer bem o setor. “Vamos montar imediatamente essa equipe, a Agetrat já começa a trabalhar com isso a partir de hoje para coibirmos o transporte clandestino feito por mototaxistas e taxistas irregulares”, finalizou.