Agrinho leva curso de jardinagem, floricultura e paisagismo ao Paiolzinho

Aprender noções básicas de jardinagem, floricultura e paisagismo. Esses são os objetivos de curso oferecido à comunidade escolar da Escola Municipal Rural Pólo Paiolzinho, por meio do programa Agrinho-MS, iniciativa do Senar-MS e que conta com parceria da Prefeitura de Corumbá, por meio das Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Produção Rural e da Secretaria de Educação, além do Sindicato Rural de Corumbá.

 

As aulas iniciaram na manhã desta segunda-feira. A intenção é ensinar aos participantes a produção de plantas ornamentais, execução de projetos de paisagismo e manutenção dos espaços. Haverá também noções de manejo de ferramentas básicas, além de técnicas atuais, aproveitando resíduos e materiais da região.

 

“Iniciaremos neste primeiro dia com noções teóricas quando passamos os principais fundamentos. Em seguida passamos para a prática. O objetivo é criar um projeto paisagístico e executá-lo”, explicou o instrutor do Senar, o engenheiro agrônomo Arnaldo Mangelo.

 

De início os participantes irão decorar a entrada da escola rural Paiolzinho e também o jardim em torno da estátua de Jesus Cristo. Vão, inclusive, construir um pergolado – uma estrutura decorativa formada por colunas e vigas e que pode ser usada para suporte de plantas do tipo trepadeiras.

 

Serão reaproveitadas mudas e plantas já existentes na escola. O curso “Floricultura, Jardinagem e Paisagismo – Agricultura Urbana” tem carga horária de 32 horas e as aulas terminam na próxima quinta-feira.

 

“O curso é uma boa oportunidade de capacitação em uma mão de obra que ainda está escassa na região. Ele surgiu de uma necessidade de profissionais para esta área. Desta forma, eles poderão aprender uma nova profissão em um ramo muito interessante”, observou o subsecretário de Indústria, Comércio e Produção Rural, Luciano Leite.

 

Com o tema “Cultivando saúde, colhendo qualidade de vida”, o Agrinho, tem como objetivo a complementação de atividades de aprendizagem para alunos do ensino fundamental da rede pública, garantindo que, ainda na fase inicial de sua formação escolar, tenham contato com assuntos que os façam fortalecer a consciência ambiental e de relevância social promovendo uma educação crítica e reflexiva. O programa capacitará ainda 42 professores de Corumbá, por meio do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Com informações da Assessoria de Imprensa da Famasul.