Após dois anos, INMETRO volta a aferir taxímetros em Corumbá

Técnicos do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) estão em Corumbá para aferir e lacrar os taxímetros da frota que presta serviço de transporte remunerado de passageiros na cidade.

 

O trabalho dos profissionais foi viabilizado pelo Sindicato Municipal dos Taxistas e pela Prefeitura, por meio da Agência Municipal de Trânsito e Transporte (Agetrat). Há quase dois anos essa ação não era realizada na região. Hoje município conta com 92 táxis devidamente regulamentados.

 

“A utilização dos aparelhos é obrigatória. É uma garantia que usuário tem de pagar um preço justo pelo serviço realizado”, afirmou o diretor-executivo da Agetrat, Paulo Guilherme de Arruda. A aferição está sendo realizado na avenida Nossa Senhora da Candelária, bairro Maria Leite.

 

Os veículos são submetidos a testes por um trajeto de aproximadamente mil metros, onde são avaliados os valores gerados com a utilização das taxas aplicadas à bandeira 1 (destinada ao serviço diurno) e à bandeira 2 (serviço noturno).

 

Paulo Arruda ressaltou ainda que a população pode e deve colaborar com a fiscalização realizada rotineiramente pela Agetrat. “Todos os táxis são identificados. Em caso de recusa na utilização do aparelho, o usuário pode fazer sua denúncia no Sindicato ou na Agetrat, pelo fone 3907-5099”, concluiu.

 

Taxímetro

 

O Taxímetro é o instrumento que baseado na distância percorrida e/ou no tempo decorrido, mede e informa gradualmente o valor devido pela utilização do veículo-táxi. O taxímetro deve ser posicionado no veículo de tal forma que permita o fácil acompanhamento da operação e medição em qualquer posição ocupada pelo passageiro. As marcas de verificação e selagem devem ser mantidas em perfeitas condições.