Povo das Águas vai começar ações na região do Corixão e Cedrinho, no Taquari

A primeira ação do Programa Social Povo das Águas vai contar com a participação de sete Secretarias da Prefeitura Municipal de Corumbá. A região do Taquari, considerada pantanal médio, será a primeira a ser beneficiada. Cerca de 900 pessoas serão atendidas com atividades subdivididas em seis microrregiões. Em cada localidade, as equipes permanecerão por cerca de quatro horas. O Povo das Águas é coordenado pela Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, que tem Beatriz Cavassa como secretária.

 

A embarcação de porte médio vai sair com a equipe multidisciplinar no próximo domingo, 25 de junho. Na segunda-feira (26), das 09h às 13 horas, será atendida a população do Corixão e Cedrinho. As atividades vão acontecer no Porto Buritizal e no Porto do senhor Paulo Amaro. No dia 27 de junho, a equipe vai se dividir em duas, uma parte vai atender aos moradores da Colônia do Bracinho, enquanto outra estará na Colônia São Domingos. O atendimento será no Porto Sairu (Bracinho) e no Porto Figueira (São Domingos).

 

Na quarta-feira (28), a Colônia São Domingos ainda será beneficiada, mas, desta vez, no Porto Sagrado. No dia seguinte, a equipe da Prefeitura estará no Porto Santa Ana, na Colônia do Cedro/Limãozinho. A região do Rio Negro será atendida na sexta-feira, 30 de junho, no Porto 7 Irmãos. A previsão é que a embarcação com os 25 servidores municipais cheguem ao Porto Geral no sábado, 1º de julho.

 

Durante os cinco dias da primeira edição do Programa Social Povo das Águas 2017 deve realizar atividades médicas, odontológicas e de enfermagem, além de vacinação. Haverá entrega de medicamentos, coleta de material para exame preventivo, palestras e orientações sobre educação em saúde e preenchimento da Planilha do SisVan (Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional). Cães e gatos da região serão imunizados contra raiva. Famílias serão cadastradas por meio do CRAS itinerante no Programa de Atenção Integral à Família. Será feito levantamento de necessidades desses moradores e serão realizadas palestras.

 

Através da Coordenadoria de Defesa Civil, o Município vai dar continuidade ao recadastramento das famílias ribeirinhas, vai orientar quanto às enchentes, incêndios e outros fenômenos da natureza. Por meio da Secretaria Especial de Agricultura Familiar, serão feitas orientações de plantios, hortas caseiras, mudas de hortaliças e plantas, distribuição de sementes e árvores frutíferas. A secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos vai distribuir materiais conforme as demandas decorrentes das cheias do Rio Paraguai, São Lourenço e Taquari. Outras atividades serão promovidas pela Prefeitura de Corumbá.

 

Além de ser beneficiado em julho, o pantanal médio vai receber outra ação no mês de setembro. Já a parte alta do Rio Paraguai e Rio São Lourenço (região norte do pantanal), deve receber o projeto em julho e outubro. Para a região de Forte Coimbra (sul do pantanal), estão previstas ações em agosto e novembro.