Defesa Civil monitora situação de prédio desativado cujo paredão tombou

A Defesa Civil de Corumbá isolou duas moradias que tiveram parte de sua estrutura destruída depois do desabamento de um paredão às 06h30 desta segunda-feira, 19 de junho. A estrutura que tombou pertence a um antigo motel localizado na Dom Pedro I, entre as ruas Firmo de Matos e Major Gama. A Defesa Civil acredita que o agente deflagrador do desabamento foram os fortes ventos que chegaram a 73,4 quilômetros por hora nesta madrugada. Como a estrutura do prédio já estava comprometida, houve a queda do muro de cerca de 10 metros de altura.

 

O tenente Isaque do Nascimento, coordenador municipal de Defesa Civil, explicou que o antigo motel funcionava com 16 apartamentos, um do lado do outro, formando um paredão. “Segundo consta, vândalos começaram a fazer a degradação do prédio, restando apenas este paredão. Veio vento nessa ordem de mais de 70 quilômetros por hora ficando o muro propício ao tombamento”, disse o tenente.

 

Foi feito isolamento das duas casas atingidas. A Secretaria de Assistência Social está oferecendo todo suporte necessário às famílias e esteve no local conversando com os moradores, oferecendo abrigo ou aluguel social. No entanto, os moradores preferiram ficar na casa de parentes, conforme o tenente Isaque. A Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos está calculando os prejuízos para reconstrução das moradias em caráter emergencial. A Defesa Civil vai solicitar a demolição do que restou do antigo motel. Uma vítima que sofreu corte superficial na cabeça foi prontamente atendida.