Alunos da Academia de Música e Oficina de Dança recebem vale transporte

Alunos de música e de dança receberam, na manhã desta sexta-feira, 30 de junho, vale transporte como incentivo a permanecerem nos cursos. Foram entregues 109 vales para estudantes da Academia de Música e 84 para alunos da Oficina de Dança. A entrega foi feita na sede da Oficina de Dança, através da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá. Estão sendo beneficiados os alunos que moram em bairros mais distantes dos locais ondem ocorrem as aulas.

 

“É um compromisso da atual gestão municipal que, atendendo à reivindicação dos alunos e pais de alunos, concede esse benefício em forma de incentivo para que os estudantes continuem nos projetos sociais”, afirmou Luiz Mário Cambará, diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico. Ele explicou que foi realizada seleção pela Assistência Social e a Prefeitura de Corumbá está concedendo o benefício àqueles estudantes em situação de maior necessidade.

 

“Essa ideia é fantástica”, disse Lucimeire Freitas, coordenadora da Oficina de Dança que hoje conta com 700 alunos matriculados. “Essa iniciativa da Prefeitura vai contribuir para que os alunos venham e tenham acesso à cultura, à arte e à dança. Fico muito feliz com isso que vem só a contribuir para que nosso trabalho atinja todas as pessoas, especialmente essas que moram longe daqui”, completou. Lucimeire afirmou que o benefício vai evitar o que estava acontecendo com alguns alunos, que era a ausência nas aulas por faltar de condições de chegar até o Centro.

 

Nathaly da Silva Martinez, de 17 anos, é uma das integrantes da Oficina de Dança que recebeu o vale transporte. Ela comparece às aulas duas vezes na semana, mas a situação começou a ficar difícil. “Tinha dias que não tinha passagem para poder vir, agora com o vale transporte vai ficar muito mais fácil. Dança significa muito para mim, é uma alegria. Agora vou poder vir toda terça e quinta porque tinha dia que não conseguia”, disse Nathaly, que há três anos participa das aulas.

 

O coordenador da Academia de Música Municipal Manoel Florêncio, Edmilson Soares Cuellar, também vê na iniciativa um apoio importante. “Foi uma grande ajuda do nosso prefeito Ruiter para todos os alunos que necessitam. Muitos deles moram nos bairros e têm uma série de dificuldades para virem ao Centro”, disse Edmilson. As aulas gratuitas da Academia de Música funcionam nos períodos da manhã e tarde no Centro de Convenções, anexo 2, três vezes por semana. Estão atualmente matriculados 236 alunos.

 

Há quase um ano, Wellington Alves, de 14 anos, estuda na Academia de Música. Ele relatou que caminhava desde a sua casa, no bairro Cristo Redentor, até o Centro de Convenções para poder assistir às aulas. Passava cerca de 45 minutos andando, tanto na ida, quanto na volta. “Vai ficar melhor com o cartão porque era muito cansativo, vai ajudar bastante”, disse o adolescente que pretende ingressar na carreira de músico na Marinha do Brasil.