Árbitro da CBF apita decisão do Estadual 2017 entre Corumbaense e Novo

A decisão entre Corumbaense e Novo, de Campo Grande, terá arbitragem de Thiago Alencar Gonzaga, que vai apitar uma decisão do estadual pela segunda vez em sua carreira. No ano de 2014, ele arbitrou o primeiro jogo da final quando o Águia Negra venceu o Cene por 2 a 1 no Ninho da Águia. Ele será auxiliado por Cícero Alessandro de Souza e Daiane Caroline Muniz. João Gilberto Fidias será o quarto árbitro e Moacir da Silva Soares o quinto.

 

Thiago apitou oito partidas neste Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol, incluindo um jogo do Carijó na primeira fase, quando houve empate do time contra o Ivinhema, com resultado de 1 a 1, no estádio Arthur Marinho. Três dessas partidas teve o Novo em um dos lados, entre elas, o árbitro apitou o jogo entre o Novo contra o Sete de Setembro no Morenão, no dia 15 de abril, quando o time de Campo Grande ganhou de 1 x 0 na partida da semifinal.

 

O sorteio para escolha da arbitragem desta grande final no estádio Arthur Marinho, em Corumbá, foi realizado no dia 3 de maio pela Comissão de Árbitros de Futebol de Mato Grosso do Sul, presidida por Manoel Paixão. Thiago Alencar Gonzaga é policial militar e ingressou na Seleção de Árbitros de Futebol (SENAF) em dezembro de 2012. Integra o quadro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

O Corumbaense precisa de um empate para acabar com o jejum de 33 anos. Já o Novo precisa vencer para pela primeira vez conquistar a Série.