Panfletagem chama atenção para prevenção dos acidentes de trabalho

O Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador de Corumbá (Cerest) realizou nesta quinta-feira, 27 de abril, uma panfletagem no Centro da cidade. A atividade de orientação é relacionada à Semana Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho.

 

No primeiro trimestre deste ano o Cerest registrou 64 investigações de acidente de trabalho; realizou 6 palestras e capacitações; 9 visitas técnicas/fiscalizações. Ainda foram contabilizados 12 acidentes de trabalho (graves) e 4 acidentes com material biológico. Houve, no período, um óbito.

 

O atendimento ao público acontece das 07h30 às 13h30. Administrado pela Prefeitura de Corumbá, o Cerest funciona na rua Ladário, anexo ao terminal de transbordo, entre as ruas 13 de Junho e Dom Aquino, área central de Corumbá.

 

Como encerramento das ações, na sexta-feira, 28 de abril, o Cerest discutirá o assédio moral no trabalho em uma palestra do advogado Roberto Lins, presidente da subseção Corumbá da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O evento está marcado para o anfiteatro Salomão Baruki, a partir das 09 horas. A data marca a celebração do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho.

 

O Dia Mundial

 

O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho surgiu no Canadá por iniciativa do movimento sindical. A data foi escolhida em razão de um acidente que matou 78 trabalhadores em uma mina no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, em 1969. A Organização Internacional do Trabalho (OIT), desde 2003, consagra a data à reflexão sobre a segurança e saúde do trabalhador. O dia foi instituído no Brasil por meio da Lei nº 11.121, de maio de 2005.