100 dias de gestão: Ruiter apresenta ações para superar desafios encontrados

Eleito pela terceira vez para comandar o Executivo de Corumbá, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira apresenta nesta segunda-feira, 10 de abril, um balanço de seus 100 dias de gestão. “Os desafios foram identificados logo no início da nossa administração e definimos um plano de ação para dar continuidade aos serviços prestados pelo Município”, observou.

 

Apesar dos grandes desafios, o atendimento ao público e o desenvolvimento das atividades seguiu normalmente. “Trabalhamos com uma equipe que tem muitas ideias e projetos de melhoria nos serviços públicos. Esse é o perfil desta gestão: superar os problemas herdados da gestão anterior e olhar adiante usando os recursos que temos disponíveis”, avaliou Ruiter.

 

Cultura

 

Entre os desafios, o Carnaval 2017 foi planejado, organizado e executado em 30 dias. “Este Carnaval foi um piloto e demonstra o potencial de organização da equipe multidisciplinar envolvida”, lembrou o prefeito. Na noite mais movimentada, o Carnaval reuniu 25 mil pessoas na Avenida General Rondon e trouxe atrações nacionais.

 

“Tivemos 40 mil pessoas no Carnaval, sendo 10 mil turistas. A rede hoteleira atingiu o limite de lotação, o comércio local sentiu o impacto positivo da festa e a operação de segurança garantiu a tranquilidade dos foliões”, complementou.

Segurança

 

As operações Cidade Tranquila e Carnaval reuniram a Guarda Municipal, a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Estadual, além da segurança privada, e estabeleceu um padrão de segurança pública que será levado adiante na gestão. “Acabou aquela história de que, no Carnaval, há a presença da polícia e da guarda e, depois, tudo volta como estava. Quebramos este padrão e estabelecemos um novo parâmetro de segurança pública para Corumbá”, reforçou Ruiter.

 

Somente em 2017, a Guarda Municipal recebeu treinamento da Polícia Militar; fortaleceu parcerias com a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Estadual, DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Polícia Ambiental. Também instalou câmeras de monitoramento na Escola CAIC e articulou a vinda do Encontro Nacional de Profissionais de Operações Especiais (BOPE) a Corumbá.


Saúde

 

Em janeiro deste ano, foi diagnosticado que, além dos problemas estruturais e das condições insalubres dos postos de saúde, havia unidades sem equipe médica, enfermeiros, dentistas e recepcionistas. O município estava com 28 áreas sem o acompanhamento de agentes comunitários de saúde, o atendimento odontológico 24 horas havia sido cancelado e os exames de radiografia e mamografia estavam suspensos.

 

De acordo com Ruiter, a situação foi regularizada em dois meses. Diante desse cenário, foram convocados profissionais da saúde aprovados nos dois últimos concursos públicos realizados pelo Município em 2014 e 2015. Foram 70 profissionais no total, entre os quais 37 agentes comunitários de saúde, 11 enfermeiros e dois médicos especialistas para atender a carência das unidades, além de técnicos de enfermagem e dentistas, entre outros.

 

Foi reativado o atendimento odontológico 24 horas no Pronto Socorro; seis veículos foram recuperados e incorporados à frota da Saúde; o atendimento noturno nas unidades de saúde Pedro Paulo II e Nova Corumbá foi estabelecido; foram realizados diversos atendimentos em horários alternativos, voltados à população economicamente ativa: preventivo para mulheres, vacinação; ação nos bairros no combate ao mosquito da dengue, em parceria com a Marinha e o Exército Brasileiro; expansão do atendimento oncológico com a permanência de especialistas residindo no Município; realização de castração de cães e gatos; reativação da vacinação antirrábica na zona rural.

 

Infraestrutura

 

Por falta de manutenção, muitos equipamentos se deterioraram nos últimos anos e não foram repostos. “A limpeza e manutenção das vias urbanas e rurais, o reperfilamento asfáltico, a iluminação pública, a limpeza de galerias e a poda de árvores estavam paralisados desde outubro de 2016, mas foram retomadas em janeiro deste ano, com o lançamento do Programa Corumbá Mais Limpa. Desde então, não paramos”, apontou o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ricardo Ametlla.

 

A iluminação pública, que estava reduzida a 25% em todo o município, foi restabelecida na sua integridade, como a recuperação da Iluminação das praças públicas, da Rua Edu Rocha e do distrito de Albuquerque. Desde o início de 2017, a equipe da roçada segue um cronograma atendendo o centro e os bairros Previsul, Dom Bosco, Conjunto Padre Ernesto Sassida e Popular Velha.

 

A pavimentação asfáltica foi retomada no centro e no bairro Cristo Redentor. O bairro Beira Rio recebeu pavimentação de blocos e as ruas Frei Mariano e Candelária receberam reperfilamento asfáltico. Na zona rural, 100 quilômetros de estradas vicinais já foram recuperados, devido aos danos causados pelo período de chuvas.

 

O PAC Cidades Históricas foi retomado, juntamente com o Iphan e o Ministério da Cultura, para preservação de espaços com valor histórico, como a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária. Em fevereiro, a igreja foi declarada patrimônio histórico e cultural de Corumbá, após a assinatura do decreto nº 1.748. “O Município valoriza e reconhece o valor e a relevância desse conjunto arquitetônico e, assim, estamos protegendo e preservando a nossa história”, afirmou Ruiter.

 

Educação

 

Na área de Educação, antecipando o início das aulas, o Município promoveu encontros e eventos com toda a equipe da Rede Municipal de Ensino, a fim de motivar e qualificar a equipe técnica. Desde o início do ano, foram realizados: a I Jornada Pedagógica; a Formação Continuada para Profissionais das Escolas no Campo; a Formação para Agentes de Apoio da Educação Infantil; apresentação do Programa de Conciliação para Prevenir a Evasão e a Violência Escolar (Proceve); e a Formação Inicial e Continuada (FIC) em Operador de Computador (Proeja de nível fundamental).