Prefeitura notifica construtora por problemas estruturais em UBS

A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, notificou a empresa responsável pela construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) Luis Fragelli, localizada na avenida Rio Branco, bairro Universitário. O prédio foi entregue pela antiga administração municipal em outubro de 2014 e apresenta sérios problemas estruturais.

 

Conforme o contrato administrativo firmado entre as partes, a empreiteira contratada responde durante cinco anos, contados da data do termo de recebimento, pela solidez da obra executada. Com base nisso, a Secretaria de Saúde solicitou urgência nos reparos de vários itens:

 

Corrigir a instabilidade geral das instalações elétricas, de telefone e de rede de computadores; correção do esgotamento de água da pia instalada na sala de reunião; sanar o problema de entrada de água de chuva pelas portas externas; e revisão das telhas da cobertura e pontos críticos da vedação por motivos de infiltração.

 

Outros problemas mais graves inclusive colocam em risco a integridade física dos profissionais e da população que utiliza a UBS. No consultório odontológico, a água das chuvas fica empossada próxima ao compressor usado pelos dentistas, podendo até liberar descargas elétricas quando ligado.

 

Nessa quinta-feira, 2 de março, o tubo de distribuição de água quebrou-se mesmo sob pressão normal da água. O vazamento inviabilizou o atendimento da Unidade Básica e danificou o forro de gesso, que em alguns trechos corre risco de cair. Ainda de acordo com o relatório técnico realizado pelos profissionais da Secretaria de Saúde, a maioria dos problemas vem ocorrendo desde maio do ano passado.

 

O levantamento destaca ainda que esses problemas, detectados no início de janeiro, impossibilitam o funcionamento normal da UBS por afetar equipamentos de refrigeração de vacinas (frequentemente as vacinas precisam ser removidas para outros locais), sistema de agendamento de consultas e demais serviços a pacientes do sistema de saúde, e a utilização dos aparelhos de ar condicionado.

 

“Essas situações foram identificadas no dia 12 de janeiro. Desde então estamos em contato com a empresa e, com a notificação, demos prazo de cinco dias para solução dos problemas”, afirmou o secretário municipal de Saúde, Rogério dos Santos Leite. Nesta sexta-feira, 3, a empreiteira esteve no local e iniciou os consertos necessários. O atendimento na UBS Luis Fragelli deve voltar ao normal na segunda-feira, dia 6.